Resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1196 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Compra e Venda da Força de Trabalho – Mercado de Trabalho
Dado que a força de trabalho ou capacidade de trabalho é o conjunto das faculdades físicas e mentais que o ser humano possui e emprega ao produzir valores-de-uso de qualquer espécie, tal qual explica Marx em “O Capital”, faz-se mister explicar as condições necessárias para efetuar-se a compra e venda dessa força de trabalho, ou seja,explicar como se constitui o mercado de trablho.
Já sabemos que a força de trabalho constituiu-se historicamente e que ela aparece como uma mercadoria disponível ao comprador que possui dinheiro somente quando temos uma grande massa de despossuídos dos meios de produção para sua subsistência que não pode sobreviver senão vendendo sua força de trabalho no mercado para aquele que detém os meios deprodução e, consequentemente, o dinheiro para arrematá-la. Essa situação é construída historicamente e se dá por meio, principalmente, da expropriação.
Entretanto, para compreender melhor como funciona essa compra e venda da força de trabalho no mercado, é preciso mergulhar um pouco mais fundo nos condicionantes dessa relação e no próprio significado do termo “força de trabalho” e suas implicações ediversas relações.
Marx já pontuara em sua obra máxima “O Capital” que a mudança do valor do dinheiro que se pretende transformar em capital não pode se processar no próprio dinheiro e tampouco nas revendas da mercadoria, mas sim no consumo de uma mercadoria específica que gere mais valor do que o necessário pra sua reprodução. Torna-se óbvio com a informação que já angariamos nesse trabalho queesta mercadoria não poderia ser outra senão a força de trabalho. Porém, antes do consumo dessa mercadoria específica há o ato de compra e venda da mesma e que só se efetua dadas determinadas condições.
Primeiramente, a força de trabalho só pode ser disponibilizada no mercado se, aquele que a possui, a tem como mercadoria própria, como sua propriedade. Ou seja, o vendedor da força de trabalhodeverá dispor livremente de sua própria capacidade de trabalho para ofertá-la no mercado, ou melhor, deverá dispor livremente de sua pessoa, portanto, não poderá ser escravo no sentido antigo da palavra.
Ao confrontar-se com o possuidor do dinheiro, com o que deseja comprar a força de trabalho, o possuidor desta encontra-se em igual condição de proprietário de mercadoria. Assim, só diferenciamos asmercadorias a serem trocadas: uma é dinheiro e a outra é força de trabalho. Continuando essa relação, o possuidor da força de trabalho só poderá efetuar a venda de sua mercadoria por um determinado período de tempo, pois se a vende definitivamente, passa de homem livre para escravo e aí romperia-se uma das condições que o capital impõe para que se efetue a compra e venda da força de trabalho noobjetivo não de reproduzir e valorizar o trabalho, mas sim o próprio capital.
Pois bem, dada a primeira condição para que se efetue a compra e venda da força de trabalho, a segunda condição essencial para concretizar esta relação é o fato de o ofertante da força de trabalho não poder ofertar outra mercadoria objetivada pelo seu trabalho. Ou seja, ele deve ser despossuído dos meios deprodução(matérias primas, instrumentos de produção) tal qual falado anteriormente. É justamente por isso que ele só poderá vender sua força de trabalho existente somente nele mesmo para poder sobreviver.
Nisso, se estabelece a divisão entre os que detém meios de produção e os que não detém nada além de sua força de trabalho. Com essa divisão estão dadas as condições básicas para que se dê a compra e venda daforça de trabalho e, consequentemente, no processo de consumo desta, a transformação do dinheiro em capital, pois o possuidor do dinheiro se defronta no mercado com o trabalhador livre e livre tanto no sentido de dispor como pessoa livre da sua capacidade de trabalho como também livre no sentido de estar despojado de todos os instrumentos necessários à materialização do seu trabalho. Mal...
tracking img