Resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (584 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1)    Comente sobre o pensamento dos sofistas a respeito da distinção entre o justo e o injusto.
Os sofistas transformaram a noção do justo e do injusto. Assim, a distinção entre o justo e o injustojá não se fundamentará  na natureza das coisas, mas nas opiniões e convenções humanas na lei. Desta forma, é justo oque os nomes ordenam e o injusto oque proibiu. O justo é o legal. A lei é o frutoda opinião, o doido continente dos homens.
 
2)    Qual era a noção de justiça para Sócrates?
Consiste no conhecimento e portanto, na observância das verdadeiras leis que regem as relações entrehomens, tanto das leis das cidades como das leis não escritas. Segundo Sócrates, que propugna pela obediência incondicional as leis da cidade,  o justo não se esgota no legal, posto que acima da justiçahumana existe uma justiça natural e divina.
3)    Oque se entende de concepção de justiça no período pré-socrático.
A noção de justiça parece seguir o desenvolvimento natural e espontâneo dopensamento filosófico na Grécia. Razão por que quando se tenta, inicialmente, explicar o universo sensível por um princípio físico, pela pura ideia pelo numero, a noção de justiça surge. Como produto danecessidade física, metafisica, ou da ordem que governa o cosmo, todavia, primordialmente, a noção de justiça ressurge da divindade
 
4)    Como era a divisão do direito natural e direito civil?
ParaAristóteles o direito natural é aquele que resulta da razão e da natureza humana, apresentando-se sob a forma de lei ou não. O direito civil é aquele que pode conter tal ou qual regra, mas que não temvalor  enquanto não for erigido em lei.
 
5)    Qual era a definição do direito natural para Ulpiano:
Direito natural é aquele que a natureza ensinou a todos os “animais”. Assim o direito naturalabrange em seus preceitos o mundo natural e o mundo humano, estando seu fundamento na própria natureza das coisas.
 
6)    Qual a distinção de relevância foi estabelecida entre o direito publico e...
tracking img