Resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2259 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Modelagem do Trabalho
Os cargos fazem parte integrante do formato estrutural da organização. Esse condiciona e determina a distribuição, configuração e o grau de especialização dos cargos. Para os autores clássicos, a estrutura organizacional nada mais é do que a arquitetura de cargos e atividades disposta de uma maneira racional e lógica a fim de proporcionar uma adequação entre aespecialização vertical de outro.
CONCEITO DE CARGO
O conceito de cargo e uma decorrência da divisão do trabalho imposta pelo velho e tradicional modelo burocrático. Contudo, em muitas organizações ainda permanece intacto o conceito de cargo e muitos órgãos de RH ainda estão analisando e descrevendo cargos como no passado. Para a organização, o cargo constitui a base da aplicação das pessoas nas tarefasorganizacionais. O cargo e uma composição de todas as atividades desempenhadas por uma pessoa- o ocupante- que podem ser englobadas em um todo unificado e que figura em certa posição formal do organograma da empresa. Assim, para desempenhar as suas atividades, a pessoa que ocupa um cargo deve ter uma posição definida no organograma define o seu nível hierárquico, a subordinação, subordinados odepartamento ou divisão onde está localizado. Em resumo, os cargos representam a pedra de toque entre a organização e as pessoas que nela trabalham
DESENHO DE CARGOS
O desenho de cargos envolve a especificação do conteúdo de cada cargo, dos métodos de trabalho e das relações com os demais cargos. Cada cargo exige certas competências do seu ocupante para que seja bem desempenhado. Essas competênciasvariam conforme o cargo, nível hierárquico e a área de atuação. O desenho de cargos constitui a maneira como cada cargo e estruturado e dimensionado. Desenhar um cargo significa definir quatro condições básicas:
1. O conjunto de tarefas ou atribuições que o ocupante deve desempenhar
2. Como as tarefas ou atribuições devem ser desempenhadas
3. A que o ocupante d0 cargo deve se reportar4. Que o ocupante do cargo deve supervisionar ou dirigir. No fundo, o desenho dos cargos representa o modo pelo qual os administradores projetam os cargos individuais e os combinam em unidades, departamentos e organizações.
MODELO CLASSICO OU TRADICIONAL
É o desenho de cargos apregoado pelos engenheiros de administração cientifica no inicio do século XX. Taylor, Gantt e Gilbrethutilizaram certos princípios de racionalização do trabalho para projetar cargos, definir métodos padronizados e treinar as pessoas para obter a máxima eficiência possível. Os aspectos principais do modelo clássico de desenho de cargos são:
1. A pessoa como apêndice da maquina.
2. Fragmentação do trabalho.
3. Ênfase na eficiência.
4. Permanência.
O desenho clássico funciona dentro daabordagem de sistema fechado: excluem-se as variáveis no sistema, para que aas restantes funcionem dentro de uma relação determinística de causa e efeito. O desenho clássico foi projetado para alcançar as seguintes vantagens:
1. Redução de custos.
2. Padronização das atividades.
3. Apoio à tecnologia. Na realidade, o desenho clássico trouxe desvantagens e limitações, a saber:
1.Cargos simples e repetitivos tornam-se monótonos e chatos.
2. Desmotivação pelo trabalho.
3. Trabalho individualizado e isolado.
4. Monopólio da chefia.
5. Era da informação
MODELO HUMANISTICO
O modelo humanístico e também denominado modelo de relações humanas pelo fato de ter surgido. A escola de relações humanas foi uma tentativa de submeter a administração autocrática eimpositiva ao espírito democrático tipicamente americano. Com ela, surgem os primeiros conceitos sobre liderança, motivação, comunicações e assuntos relacionados com as pessoas e sua supervisão.
MODELO CONTINGENCIAL
O modelo contingencial representa a abordagem mais ampla e complexa pelo fato de considerar três variáveis simultaneamente: as pessoas, a tarefa e a estrutura de organização. No modelo...
tracking img