Resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2637 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS
Curso de Graduação em Administração






Letícia de Oliveira Paiva










RESUMO: 2ª UNIDADE



























Contagem
2012


Letícia de Oliveira Paiva











RESUMO: 2ª UNIDADE



















Resumo apresentado àdisciplina Metodologia do Trabalho Cientifico, do curso de Graduação em Administração da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.


Orientador: Simone Viegas


























Contagem
2012


A ATITUDE CIENTÍFICA E O SENSO COMUM

O senso comum é o contrário de atitude científica, ele é formado de gerações emgerações por conhecimentos do cotidiano, e muitas vezes se transforma em culturas ou doutrinas religiosas, é caracterizado por ser subjetivo, qualitativo, heterogêneo, individualizador, generalizador, tem tendência a estabelecer relações de causa e efeito entre as coisas ou fatos, não se surpreende com a regularidade, identifica a ciência como magia (pelo fato de não conhecê-la), e é preconceituoso. Já aatitude cientifica é formada por pesquisa e experimentação de uma situação problema, desconfia da veracidade das informações e busca explicar um fato, é caracterizada por ser objetiva, quantitativa, homogênea, generalizadora, diferenciadora, investigativa, além de se surpreender com a regularidade, se distinguir da magia e se renovar constantemente. Para se chegar a um fato ou objeto cientificodeve-se separar os elementos subjetivos e objetivos do fenômeno a ser estudado, posicionar o fenômeno como objeto controlável, investigar e provar os resultados da investigação e formular uma teoria a respeito da investigação do fenômeno, essa teoria é um sistema ordenado de proposições ou enunciados baseados em um pequeno número de princípios, que buscam descrever e explicar do modo mais completopossível um conjunto de fenômenos. Em suma, a ciência se diferencia do senso comum, pois este é uma opinião baseada em hábitos, preconceitos ou tradições, já a ciência se baseia em pesquisas e investigações que digam a verdade.

AS CIÊNCIAS HUMANAS E O HUMANO COMO OBJETO DE INVESTIGAÇÃO

É a ciências que tem como objeto de estudo o próprio ser humano, em seu surgimento teve grandes objeções,pois o homem é considerado um objeto subjetivo, e a ciência lida com objetos objetivos para estudo.
As ciências humanas são recentes, mais a percepção de que o homem é diferente das coisas naturais é antiga. Assim podemos dizer que a investigação do humano ao se iniciar, foi realizada de três formas diferentes: o período do humanismo, onde o homem primeiramente era considerado o centro do universoe depois passou a ser considerado como parte de uma civilização que progredia, o humanismo considerava o homem um ser diferente dos demais, logo após veio o período do positivismo, que colocava o homem como um ser social propunha o estudo da sociedade, e por fim o período do historicismo, que insistia na diferença profunda entre o homem e a natureza entre as ciências naturais e humanas. Ohistoricismo resultou no relativismo que dizia que as leis físicas são válidas apenas para uma determinada época e cultura, não podendo ser universalizadas, e a filosofia da historia, que trazia a idéia de que os humanos e as instituições socioculturais só seriam compreendidos se seu estudo se subordinasse a uma teoria geral da historia.

Os campos de estudo das ciências humanas são: psicologia,sociologia, economia, antropologia, historia, lingüística e psicanálise.


Contribuições da fenomenologia, do estruturalismo e do marxismo

A fenomenologia permitiu que fosse feita a distinção rigorosa entre natureza e homem, e depois permitiu que o homem fosse diferenciado em essências diversas como o psíquico e o social. Com essa diferenciação garantiu as ciências humanas a validade de seus...
tracking img