Resumo o que é linguística

Páginas: 8 (1805 palavras) Publicado: 8 de outubro de 2011
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ
CENTRO DE HUMANIDADES
Curso de Letras – Português/Bacharelado

Resumo do livro “O que é linguística”

Stênio Gardel Maia

Fortaleza, 04 de abril de 2011

ORLANDI, Eni Pulcinelli. O que é lingüística. São Paulo: Brasiliense, 1993

Resumo

A busca pelo conhecimento é o caminho que leva o homem a evoluir e ter poder sobre si e o mundo a sua volta.Dos aspectos microbiológicos da composição e funcionamento do corpo humano à explicação dos grandiosos fenômenos naturais, essa busca desconhece fronteiras definitivas.
Nesse contexto, a linguagem, intrínseca à condição humana e utilizada como forma de aquisição do conhecimento, de expressão e de relação com outros seres humanos, tem sido motivo de fascínio e estudos. O desenvolvimentodesses estudos levou ao estabelecimento da Linguística como a ciência que visa explicar a linguagem verbal humana, oral ou escrita, expressa por meios de signos. O reconhecimento como ciência, ocorreu no início do século XX, mas o percurso histórico da Linguística teve início em épocas bem mais remotas.
Os filósofos da Grécia antiga discutiam uma forma de descrever a origem da linguagem ecomo ela se organizava. Os antigos hindus, dedicavam-se à linguagem para falar com Deus, mas se preocupavam também em descrever aspectos fonéticos e morfológicos, como se pode comprovar por meio da descoberta do sânscrito.
No século XVII, os estudos eram submetidos à filosofia racionalista da época. Assim, a linguagem seria uma representação da razão humana, regida por princípios lógicos egerais - comuns a todas às línguas, independente das peculiaridades de cada uma. O inédito enfoque em perspectiva dos gramáticos racionais, considerando a linguagem em sua generalidade, separada da descrição de uma língua específica, foi a grande contribuição dessa corrente para a Linguística. Surgem a partir desses conceitos, as Gramáticas Gerais ou Racionais, cuja principal representante é aGramática de Port Royal de 1690. Segundo essa abordagem, considerando que a linguagem fundamenta-se na lógica, a gramática (as regras) seria capaz de separar o que válido do que não é. Buscava-se, portanto, a língua ideal, ou seja, uma língua precisa, clara, livre de equívocos e ambiguidades, por meio da qual poderia se assegurar a comunicação do gênero humano.
Durante o século XIX, o estudoda linguagem muda de posicionamento: não busca mais entender a precisão lógica, mas a origem, levando em consideração o trajeto social da língua ao longo do tempo. A descoberta do sânscrito, no fim do século XVIII, permitiu atestar semelhanças entre aquela língua hindu e a maior parte das línguas européias. Essas similitudes seriam resultado das transformações regulares e necessárias de uma línguaprimordial, que, consequentemente, teria originado as demais línguas.
A procura pela língua-mãe era o objetivo principal dos estudiosos da época, dentre os quais se destacou o alemão F. Bopp, que publicou o Sistema de conjugação do sânscrito em comparação com o grego, latim, persa e germânico em 1816, marcando o nascimento da Linguística Histórica. Pelo método histórico-comparado,confrontam-se as línguas a nível fonético e morfológico e se definem correspondências que contam, retroativamente, os estágios de evolução dos sons e das palavras. Por exemplo, vemos que o português “chuva” e o espanhol “lluva”, estão relacionados, tenho evoluído da mesma palavra latina “pluviam”. Adicionando-se a isso, o fato de que temos em português “cheio” e em espanhol “lleno”, que derivam de“plenum”, pela Gramática Comparada, podemos verificar uma regularidade na evolução do latim, pela qual o “pl” deriva o “ch” em português e o “ll” em espanhol. Foi por meio desse trabalho que os gramáticos chegaram a formas cada vez mais antigas das línguas, até reconstruírem, teoricamente, a língua-mãe, a qual chamaram de indo-europeu. Uma das principais contribuições da Linguística Histórica foi...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • resumo de linguística
  • Resumo de Linguística
  • Resumo de Linguistica
  • resumo linguistica
  • Linguistica Resumo
  • Fundamentos da Linguistica
  • RESUMO DO LIVRO: Introdução à Linguística
  • Resumo linguistica V

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!