Resumo o jogo do contrário de jussara hoffman

O Jogo do Contrário em Avaliação
Jussara Hoffman
Prof.ª: Ana Paula Soares

Introdução
 A obra baseia-se nos estudos teórico-metodológicos

realizados junto ao grupo de educadores queparticipam
deste programa, bem como relatos de experiências a partir
de estudos de caso de alunos em situação de fracasso escolar.
 Fala-se em avaliação como processo de investigação, mas se
investigaquase nada.

 A pesquisadora propõe estudos de caso aos participantes do

programa em três tempos da avaliação mediadora:
a) Tempo de admiração dos alunos;
b) Tempo de reflexão sobre suastarefas e manifestações de
aprendizagem;
c) Tempo de reconstrução das práticas avaliativas e / ou
invenção de estratégias pedagógicas para promover
melhores oportunidades de aprendizagem.

Tempo deadmiração
Conhecer para justificar o não-sido ou compreender para promover
oportunidades?

 Tempo de admiração: resgatando histórias de vida, a partir de

entrevistas com alunos, de conversascom os professores de
anos anteriores e familiares, da análise de tarefas e de leitura
de registros de avaliação.

 Admirar o aluno pressupõe:
 A atenção e a presença do educador – concentraçãoque

inclui a escuta de silêncios e ruídos na comunicação;
 A entrega ao outro – estar aberta a ouvi-lo;
 A escuta do aprendiz em sua própria história;
 O olhar estudioso, curioso,pesquisador.

 O olhar avaliativo deve ser compartilhado, complexo e

multidimensional. Caracteriza-se por interpretações de
diferentes intensidades, sobre as múltiplas dimensões do
aprender de cadaaluno, que realizam a partir de concepções
de educação, de sujeitos, de sociedade também diferentes.
 Agressividade, apatia, desinteresse, agitação, ausência e
muitas outras questões não explicam nemjustificam
problemas de aprendizagem na escola. O inverso é mais
frequente.

 Pode-se dizer que a observação dos alunos no processo de avaliação

é como um processo de decifração, de...
tracking img