Resumo e Resenha sobre o livro o Monge e o Executivo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1862 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de maio de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
PRÓLOGO

John Daily é gerente-geral em uma grande indústria, tem uma esposa e dois filhos, praticamente o “sonho americano” at´´e que um dia John percebe que as coisas não vão tão bem assim tanto em seu casamento quanto em seu trabalho, tudo isso seguido de um sonho reccorrente onde John ove uma voz que grita para que ele encontre Simeão e aprenda com ele.
Sentindo toda essa frustração deJohn, sua esposa o aconselha a procurar o pastor da igreja para ajudá-lo. O pastor instrui John a passar um tempo em um mosteiro beneditino, porém ele leva isso na brincadeira até que o pastor cita que um dos monges desse mosteiro é o lendário Leonard Hoffman. Chegando no mosteiro John logo descobre que Len Hoffman fora nomeado pelo reitor como “Irmão Simeão”.


CAPÍTULO 1: AS DEFINIÇÕES

Johnconhece seu colega de quarto, pastor Lee e juntos eles vão até a cerimônia das 5 e após isso, John foi até a biblioteca onde encontrou um artigo escrito por Len Hoffman. Sentindo um pouco de frio, John decide voltar até seu quarto para pegar um agasalho e chegando lá, ele se depara com o próprio Len Hoffman arrumando os canos do banheiro de seu quarto, uma visão fascinante para John.
Em suaprimeira aula, Simeão pede para que todos os presentes digam o motivo de estarem ali. John, mais preocupado com o que iria dizer praticamente ignora tudo o que os outros estão falando e, Simeão, percebendo isso pede para que John diga a todos o que Kim acabara de dizer. Pedindo desculpas a Kim, John admite que não estava ouvindo, e aí, Simeão trás o seu primeiro ensinamento, a importância de ser um bomouvinte.
Simeão ainda fala sobre a autoridade e pede para que os alunos se reúnam em duplas e listem qualidades de uma pessoa que obteve autoridade sobre a vida deles e após todos listarem, Simeão perguntou qual dessas qualidades nós já nascemos com ela? Simeão deixou que todos opinassem para depois corrigi-los dizendo que “Todas as qualidades que vocês listaram são comportamentos. Ecomportamento é uma escolha”.


CAPÍTULO 2: O VELHO PARADIGMA

Em sua primeira reunião com Simeão, ele fala sobre o problema de John em escutar o que os outros tem a dizer.
No inicio da aula, os alunos discutem o que seria paradigma. Simeão afirma que paradigmas são simplesmente padrões psicológicos, modelos ou mapas que usamos para navegar na vida. Podem ser valiosos e até salvar vidas quando usadosadequadamente, e que agarrar-se a paradigmas ultrapassados pode nos deixar paralisados enquanto o mundo passa por nós.
Simeão então pediu exemplos de paradigmas predominantes nas organizações de hoje em dia. O sargento Greg foi rápido: Administração no estilo piramidal. O vértice pra baixo. Faça o que eu digo. Viver sob a regra de ouro, que diz: “Quem tem o ouro faz as regras”. Nesse modelo, osempregados são as pessoas mais próximas do cliente. Quer dizer, o presidente pode até conhecer os clientes pessoalmente, mas o mais importante é o produto que é vendido, o que está na “caixa” quando o cliente abre. E a última pessoa que tocou na caixa foi o trabalhador (empregado). Isso os faz mais próximos dos clientes, porén, isso faz com que todos estejam atentos às necessidades do chefe (topoda pirâmide) e não dos clientes (base da pirâmide).
Simeão pede então para imaginarem um sistema cujo foco fosse servir o cliente. Imaginem uma organização onde os empregados estivessem na linha de frente servindo aos clientes e garantindo que suas verdadeiras necessidades estivessem sendo satisfeitas. E suponha também que o supervisor da linha de frente começasse a ver os empregados comoclientes e se dedicasse a identificar e preencher suas necessidades. E assim por diante, pirâmide abaixo. Isso é um novo paradigma, reconhecendo que o papel do líder não é impor regras e dar ordens à camada seguinte. Em vez disso, o papel do líder é servir.Isso não quer dizer que um líder permitirá tudo numa empresa. Um líder deve estar sempre mais preocupado com as necessidades do que com as...
tracking img