Resumo e resenha de a engenharia e os engenheiros, de josé roberto cardoso

Páginas: 11 (2541 palavras) Publicado: 7 de junho de 2013
TRABALHO CIENTIFICO

SUMÁRIO





INTRODUÇÃO.......................................................................................... 3

1 RESUMO.................................................................................................... 4

2 RESENHA.................................................................................................. 6CONCLUSÃO.......................................................................................... 10

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.................................................... 11

ANEXOS................................................................................................... 12






INTRODUÇÃO



O presente trabalho trata-se de uma evolução científica, que desenvolve o resumo do artigo"A engenharia e os engenheiros" e posteriormente progride-se com a resenha. Tendo como objetivo a pratica de métodos científicos e a adição de conhecimentos científicos.

Para a elaboração foi colocado em processo o que se foi ensinado em sala de aula e, além disso, pesquisas de anexos para citações na resenha, após leitura minuciosa do texto. Descobrimos a necessidade de se trabalhar comestratégias de leitura e de esquemas.

O artigo escrito por José Roberto Cardoso fala sobre a história da engenharia, introduzido um pouco de outros países, no Brasil. Ele argumenta de como melhorarmos os pontos negativos que há na educação e na engenharia. O autor situa-nos das diferenças que estão acontecendo na engenharia e nos dá sua posição e sugestões sobre o assunto. Em cima de sua tesecriticamos positiva e negativamente e nos baseamos em artigos e autores renomeados.




1 RESUMO



Segundo José Roberto Cardoso, professor da Escola Politécnica da USP, que publicou o artigo “A Engenharia e os Engenheiros”, o ambiente das escolas de engenharia é o termômetro indicativo do desenvolvimento nacional. Na década de 70, época do milagre econômico. Mediante a isso, a temperaturaassociada era elevada, tal era o grau de agitação da profissão em face do acelerado desenvolvimento industrial da época.

As grandes cabeças da engenharia se destacavam por suas “sacadas” construtivas, que levavam a economias sensíveis para a construtora, nem sempre para o Estado, nosso grande investidor daquela época.

Para Cardoso, a engenharia deixou de ser uma profissão nobre a que muitosaspiravam ter, para ser uma profissão de desempregados, profissionais mal remunerados, responsável pela agressão do meio ambiente e associadas à corrupção.

Além disso, dos estudantes que optam pela carreira de engenheiro, mais de 50% deles abandonam o curso até o final do segundo ano devido à má formação em exatas ou dificuldades financeiras, comento o autor, agravando ainda mais nossa moribundaengenharia.

O Brasil foi um dos países a fornecer mão de obra qualificada para os EUA, a custo zero, atraída pelo elevado salário e segurança pessoal.

Nas ultimas duas décadas a engenharia, além de mudar, conquistou novos mercados. A ênfase, que no passado era o projeto, passou a ser gestão. O especialista deu lugar ao generalista, e o mercado passou a exigir do profissional, qualidades quenão eram exigidas no passado, tais como: liderança, eficiência em comunicação oral e escrita, espírito empreendedor, fluência em mais de uma língua estrangeira, dentre outras.

Quanto aos novos mercados, destaca se o financeiro, que absorve boa parte de nossos engenheiros.

Passou-se a ter engenheiros aplicando essa técnica nos grandes supermercados, na organização de grandes eventos e em umasérie de outras atividades nunca imaginadas que pudessem ser ocupadas pelos engenheiros. Foram esses novos mercados que induziram uma nova postura do profissional que beneficiou toda uma categoria.

Segundo Cardoso, o Brasil precisa seguir caminho semelhante, mas sob uma democracia, e investir pesado no ensino médio, começando pelo professor, o qual precisa ter uma vida digna, que o insira numa...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha engenharia e os engenheiros
  • Resenha sobre artigos de José Roberto Bernasconi
  • Resenha de a ética do juiz de josé roberto nalini
  • Resenha do texto “O trabalho do antropólogo: olhar, ouvir, escrever”, de Roberto Cardoso Campos
  • Resenha do cap.5 do livro Sobre o pensamento antropológico de Roberto Cardoso de Oliveira
  • Resumo do livro "keynes, crise e política fiscal" de josé roberto rodrigues afonso
  • JOSE ROBERTO DA SILVA JUNIOR
  • Os (des) caminhos da identidade- Roberto Cardoso de Oliveira

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!