Resumo a liberdade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1449 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Para entendermos o conceito filosófico de liberdade, como ele se dá e como é visto pelos pensadores e no cotidiano atual é necessário entender alguns conceitos, tais como:
Necessidade é o termo empregado para referir-se ao todo da realidade, existente em si e por si, que age sem nós e nos insere em sua rede de causas e efeitos, condições e consequências.
Fatalidade é o termo usado quandopensamos em forças transcendentes superiores às nossas e que nos governam, quer queiramos ou não.
Determinismo é o termo empregado, a partir do século XIX, para referir-se à realidade conhecida e controlada pela ciência e, no caso da ética, particularmente ao ser humano como objeto das ciências naturais (química e biologia) e das ciências humanas (sociologia e psicologia), portanto, comocompletamente determinado pelas leis e causas que condicionam seus pensamentos, sentimentos e ações, tomando a liberdade ilusória.
Necessidade, fatalidade, determinismo significam que não há lugar para a liberdade, porque o curso das coisas e das nossas vidas já está fixado, sem que nele possamos intervir.
O mito das Moiras fala sobre a fatalidade, ou seja, o destino inelutável de cada um de nós, donascimento à morte. A contingência (ou o acaso) era representada pela Fortuna, mulher volúvel e caprichosa, que trazia nas mãos uma roda, fazendo-a girar de tal modo que quem estivesse no alto (a boa fortuna ou a boa sorte) caísse (infortúnio ou má sorte) e quem estivesse embaixo fosse elevado. Levando assim a inexistência da liberdade humana que é submetida ao destino inexorável.
No determinismoComte tornou-se conhecido pelas leis da sociologia, segundo as quais toda a vida humana social se explicaria por três fatores:
• Raça: que é a grande força biológica dos caracteres hereditários determinantes do comportamento do indivíduo.
• Meio: pelo qual o individuo se acha submetido aos fatores geográficos (como clima, por exemplo), bem como ao ambiente sócio-cultural e às ocupações cotidianasda vida.
• Momento: pelo qual o individuo é fruto da época em que vive, estando subordinado a uma determinada maneira de pensar característica do seu tempo.
Taine afirma que o ato humano não é livre, já que é causado por esses fatores e deles não pode escapar.
Algumas teorias enfatizam a possibilidade da liberdade humana absoluta, do livre-arbítrio, segundo o qual o homem tem o poder deescolher um ato ou não, independentemente das forças que o constrangem.
Bossuet afirma: “Por mais que eu procure em mim a razão que me determina, mais sinto que eu não tenho nenhuma outra senão apenas a minha vontade: sinto aí claramente minha liberdade, que consiste unicamente em tal escolha. É isto que me faz compreender que sou feito à imagem de Deus.”
Afinal, o homem é livre ou determinado? Osdois, o homem é realmente determinado, pois se encontra situado em um tempo e espaço e é herdeiro de uma certa cultura, mas o homem é também um ser consciente, capaz de conhecer esses determinismos; tal conhecimento permitirá a ação transformadora que, a partir da consciência das causas (e não à revelia delas), pode construir um projeto de ação.
Existem três grandes concepções filosóficas sobre aliberdade, a concepção de tipo aristotélico-sartreano, a concepção de tipo estóico-hegeliano e a noção de possibilidade objetiva.
1- A primeira de Aristóteles, onde a liberdade se opõe ao que é condicionado externamente (necessidade) e ao que acontece sem escolha deliberada (contingência).
Na concepção aristotélica, a liberdade é o princípio para escolher entre alternativas possíveis,realizando-se como decisão e ato voluntário. Contrariamente ao necessário onde a causa integral de sua ação no ato voluntario livre o agente é causa de si.
Já para Sartre a liberdade é a escolha incondicional que o próprio homem faz de seu ser e de seu mundo. Quando julgamos estar sob o poder de forças externas mais poderosas do que nossa vontade, esse julgamento é uma decisão livre, pois outros...
tracking img