Resumo a história da riqueza do homem

Resumo: A História da Riqueza do Homem |
Parte 1: Do Feudalismo ao Capitalismo |
|


1 .Sacerdotes, Guerreiros e Trabalhadores

O capitulo 1 explica a sociedade feudal e sua lógica. Osprocessos de interdependência entre as classes existentes e suas relações.
Além de pregadores e lutadores existia na Idade Média, outro grupo: os trabalhadores. A sociedade feudal consistia dessas trêsclasses – sacerdotes, guerreiros e trabalhadores. O homem que trabalhava produzia para ambas as outras classes, eclesiástica e militar.
O trabalho era na terra, cultivando ou guardando o rebanho.Era o trabalho agrícola, mas tão diferente de hoje que dificilmente o reconheceríamos.
As terras agrícolas estavam divididas em ‘feudos’. Um feudo consistia apenas de uma aldeia e as várias centenas deacres de terra arável que a circundavam, e nas quais o povo da aldeia trabalhava. Nas diversas localidades, os feudos variavam de tamanho, organização e relações entre o que os habitavam, mas suascaracterísticas principais se assemelhavam, de certa forma.
Cada propriedade feudal tinha um senhor. Este vivia em moradias fortificadas com sua família, empregados e funcionários que administravam suapropriedade. Pastos, prados, bosques e ermos eram usados em comum, mas a terra arável se dividia em duas partes. A terça parte do todo pertencia ao senhor feudal e era chamada seus ‘domínios’; aoutra ficava em poder dos arrendatários que, então trabalhavam a terra. A terra era cultivada não em campos contínuos, mas pelo sistema de faixas espalhadas.
Os arrendatários trabalhavam não só asterras que arrendavam, mas também a propriedade do senhor, dois ou três dias da semana tinham que trabalhar a terra do senhor, sem pagamento. Esta era prioridade e tinha que ser arada primeiro, semeadaprimeiro e ceifada primeiro. As necessidades do camponês eram deixadas de lado perante as solicitações do senhor feudal.
O camponês desejava que seu trigo fosse moído ou suas uvas esmagadas na prensa...