Resumo - a era das revoluções - hobsbawm, eric j.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 87 (21613 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
HOBSBAWM, Eric J., A era das revoluções, Paz e Terra, 10 edição,1997
INTRODUÇÃO
- As palavras seguintes foram criadas, ou ganharam seu sentido moderno, entre 1789 e 1848:
- capitalismo, socialismo, ideologia, jornalismo;
- classe média, classe trabalhadora; proletariado;
- Liberal, conservador, nacionalidade;
- aristocracia, cientista, engenheiro;
- crise(econômica), greve;
- Asrevoluções industrial e francesas tiveram como conseqüência mais notável o estabelecimento
de um domínio do globo por uns poucos regimes ocidentais ( a Índia tornou-se uma província
administrada pelos inglês, Os estados islâmicos entraram em crise, África partilhada, O grande
império chinês teve que abrir suas fronteiras em 1839-42;19
1 - O MUNDO NA DÉCADA DE 1780
final do século XVIII na Europa:
-Período de prosperidade e expansão econômica;
- pessoas menores e mais magras que hoje;24
- aperfeiçoamento de estradas e correios( predomínio entre grandes centros);
- grande maioria analfabeta;
- transporte por água era mais fácil e barato, (Portos distantes estavam mais próximos que
regiões próximas separadas por terra);
- Notícias chegavam por viajantes ou canais oficiais do estado e daIgreja;
- vida essencialmente rural; Rússia, Escandinávia e Balcãs 95% rural. Na Inglaterra,
população urbana ultrapassou a rural apenas em 1851;
- Londres tinha 1 milhão, Paris meio milhão e 20 outras com mais de 100.000;
- mas grande parte das cidades eram de província. Que apesar dos habitantes desprezarem
o campo e vestirem-se diferente e serem mais letrados, eram quase tão ignorantes do quese
passava fora quanto os habitantes das aldeias;28
- Na Europa ocidental, ainda que o elo entre a posse de terras e o status de classe
dominante continuasse de pé, a sociedade rural era muito diferente. Unidade típica tinha se
tornado uma forma de arrendamento, mas ainda se devia provavelmente ao senhor local
algumas obrigações(como enviar o trigo para o moinho do senhor) além do dízimo paraIgreja, e impostos para o príncipe;
- A agricultura européia ainda era assustadoramente ineficiente e destinada ao
consumo local(exceto talvez o açúcar importado dos trópicos). Seus produtos eram ainda os
tradicionais: trigo, cevada, aveia, centeio, gado de corte, cabra e seus laticínios, porcos, aves,
frutas, legumes, vinho. As novas culturas importadas da América ou de outras regiõestropicais
tinham feito algum progresso: Milho, batata ( a mais importante das novas colheitas, mas ainda
começando seu caminho, exceto talvez na Irlanda), fumo, o arroz( estavam penetrando na Europa
mais eram de menor importância);34
- Poucas áreas desenvolveram rumo a uma agricultura capitalista. A Inglaterra era a
principal . Onde havia: grande concentração de terras dividida em arrendatáriosmédios,
controlando uma mão-de-obra contratada;33
- As atividades comerciais e industriais floresciam de forma exuberante;
- A monarquia absoluta nunca conseguiu libertar-se da hierarquia dos nobres
proprietários, a qual pertencia;40
- O que aboliu as relações agrárias feudais em toda a Europa ocidental e central foi a
Revolução Francesa, por ação direta, reação ou exemplo, e a revolução de1848;
- Havia um conflito latente, que não podia ser resolvido dentro da estrutura dos regimes
políticos existentes, exceto, é claro, onde estes regimes já incorporassem o triunfo burguês, como
na Grã-Bretanha;
- O que deixou os regimes absolutismos ainda mais vulneráveis foi que eles estavam

1

sujeitos a pressões de três lados: novas forças, aristocracia que cada vez aumentava mais aresistência na preservação de seus privilégios, e dos inimigos estrangeiros;40
- Os estados colonizadores enfrentaram movimentos de dissidência provincial(Bélgica), e
colonial(América), mas essa dissidência não foi fatal, em si mesma. As velhas monarquias podiam
sobreviver a perda de uma província ou duas;40
- O que tornou a situação explosiva foi a rivalidade internacional, assim mesmo...
tracking img