Resumo sobre o preformismo e a epigénese, introdução sobre a filogénese e a ontogénese

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (433 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Ata 1 – (3-1-2013) – Influências genéticas e epigenéticas no comportamento
&
A complexidade do ser humano e o seu inacabamento biológico

Preformismo e Epigénese
Desde há muito que o serhumano procura compreender quais os fatores responsáveis pela constituição e pelo comportamento de um ser complexo a partir de um ovo. Surgiram então duas teorias, o preformismo e a epigénese.
Opreformismo (ou teoria da preformação) defende que o desenvolvimento embrionário consiste no desenvolvimento de potencialidades já existentes no ovo. O desenvolvimento do indivíduo limitava-se,portanto, ao aumento de tamanho do novo ser (homúnculo) residente no ovo e à amplificação das estruturas preexistentes. Ainda dentro desta teoria formaram-se dois grupos de cientistas que defendiam duasorientações distintas: uns consideravam que o futuro ser já se encontrava em miniatura no espermatozoide enquanto outros acreditavam que se encontrava no óvulo. Mais tarde, Charles Bonnet reafirma que odesenvolvimento embrionário não passa da ampliação das características do homúnculo. O preformismo acentua o caráter genético, não tendo em conta o fator meio. Assim, o desenvolvimento dependeriaapenas e exclusivamente da componente hereditária, podendo referir-se um certo determinismo hereditário.
Caspar Wolff nega a existência de estruturas pré formadas no ovo que se desenvolvemposteriormente ao afirmar que o desenvolvimento é o resultado de um processo gradual de crescimento, diferenciação e modificação constante em interação com o meio onde o indivíduo se desenvolve(construtivismo). Surge assim a epigénese (ou epignetismo). O desenvolvimento não é uma simples sucessão de etapas predefinidas no ovo (como afirmava o preformismo) mas sim um conjunto complexo de interações entre aspotencialidades genéticas e os fatores decorrentes do meio onde se desenvolve. Não implicando modificações nas sequências de DNA, o meio faz com que as estruturas pré existentes se desenvolvam e...
tracking img