Resumo sobre o período de 1904 a 1917 - barão do rio branco

Páginas: 40 (9851 palavras) Publicado: 4 de novembro de 2011
Artigos
NAVIGATOR no2/2005 (Art. 5)

A construção do Poder Naval brasileiro no início do século XX: dos programas navais à grande guerra (1904-1917)

Johny Santana de Araújo
Mestre em História pela Universidade Federal do Piauí.
Bacharel e Licenciado em História pela UFMA

RESUMO
A política armamentista brasileira no início do século XX e os programas navais de 1904 e 1906. Discute-seas influências teóricas e práticas dessa política nas relações exteriores do Brasil, a rivalidade existente entre o Brasil e os demais países sul-americanos pela hegemonia no Atlântico Sul e a manutenção da segurança nos mares do Brasil durante a Primeira Grande Guerra.

Palavras-chave: Marinha, Relações Exteriores, Guerra Mundial.

ABSTRACT
The Brazilian armaments politic in the begging ofXX century and the Naval Program of 1904 and 1906. It talks over the practical and theoretical influences of those politics in the exterior connection of Brazil; the extant rivalry between Brazil with other South American countries by the supremacy in the South Atlantic, and the maintenance security of Brazilian sea during the 1st World War.

Keywords: Navy, Exterior Connection, World War.Introdução

Do final do século XIX ao início do século XX, a Inglaterra e a Alemanha, seguidas pela França, Itália, Rússia, Estados Unidos e, no Oriente, pelo Japão, viviam um período de conquista e expansão territorial em regiões ao longo da África e Ásia até as ilhas do Pacífico. Esses países compartilhavam da chamada política de neocolonialismo.

O imperialismo desses países teve razõesfundadas ainda no fortalecimento de seus estados nacionais e no ideal de superioridade imperial, mas de igual forma fruto de uma necessidade cada vez maior por matérias-primas para alimentar os seus parques industriais.

Para o exercício dessa supremacia era necessário não somente o poder financeiro garantido pelas imensas somas de dinheiro dos financistas, banqueiros e investidores de toda ordem, masantes de tudo a ação do Estado como entidade disciplinadora e reguladora. Essa ação se fez presente através da aplicação de força militar, pensadores que fundamentaram teorias da guerra não faltaram; Carl von Clausewitz foi um deles, cujo um dos pontos mais importantes de sua obra Da Guerra aponta que “[...] a guerra não é somente um ato político, mas um verdadeiro instrumento político, umarealização desta por outros meios”.1

O caso da Alemanha não foi único, tampouco havia teorias que se reportassem só à força terrestre. No mar, a principal teoria que logo chamou a atenção de estrategistas navais do mundo foi elaborada por um almirante e historiador norte-americano chamado Alfred Thayer Mahan cujo trabalho A influência do Poder Naval sobre a História afirmava, entre outras coisas,que a tendência do comércio internacional e o desenvolvimento dos diversos países são as determinantes do Poder Marítimo2.

Os Estados Unidos se lançaram na escalada imperialista com a declaração de guerra à Espanha em 1898. As principais forças atuantes eram navais. Com a vitória norte-americana, os EUA passaram a controlar tanto as Filipinas, no Pacífico, como Cuba e Porto Rico, no Caribe. NoExtremo Oriente, os japoneses haviam declarado guerra à Rússia, pela conquista da Coréia, e à China, pela Manchúria, tendo o mar como principal teatro de operações.

A China também estava sendo invadida pelas demais potências. Foram ocupados portos, criadas zonas de influência econômica e deslocadas, em 1900, tremendas forças por mar para aquela região para sufocar um movimento xenófobo.

NaAlemanha, o livro de Mahan fascinou Guilherme II e em 1893 ele nomeou para Secretário de Estado da Marinha alemã o Almirante Alfred Tirptz, que teve à sua disposição todo o apoio para a criação da Esquadra de alto-mar alemã. Tirptz tratou então de preparar os planos de renovação da Marinha através do programa naval de 1900.

Em 1904, assumiu a chefia do Estado-Maior naval britânico o Almirante...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo Barão do Rio Branco
  • Barão do rio branco e a amazônia
  • Barão do Rio Branco
  • Barão do rio Branco
  • Barão do rio branco
  • barão do rio branco
  • Barão do Rio Branco
  • Barão do rio branco

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!