Resumo sobre o livro : “a questão social e o serviço social no brasil”

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1296 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Este é um resumo sobre o Livro : “A Questão Social e o Serviço Social no Brasil”

Capitulo 1

Nesta abertura podem-se entender um pouco sobre as origens da questão social no Brasil, os aspectos do processo de desenvolvimento econômico desigual do sistema capitalista do país, o através disso compreender o que os processos conflituosos têm gerado na cidade e nos campos, o que as raízes doprocesso colonizador como forma de economia vêm introduzindo em mais um problema social que estava diretamente ligada a nossa etnia e a discriminação social de um regime econômico implantado. Outros importantes papéis que os escravos desempenharam além de seu trabalho servil foram às relações sexuais que na casa grande era definido por um domínio econômico e sexual. Um dosacontecimentos históricos mais importantes da época foram as lutas e manifestações operárias da questão social no Brasil que contribuíram para os processos políticos da época.


Capítulo 2

Este é um período em que se destaca sobre a evolução política muito importante para implantação do Serviço Social no Brasil, nos anos de 1930, que se formou no Brasil, o Estado baseado em ideais teóricos edoutrinários advindos da Europa e Estados Unidos com o objetivo de igualar o desenvolvimento civilizado e realidade do Brasil aos grandes centros que para eles amplos modelos de nação, possibilitaram também no desenvolvimento das indústrias substituindo aos poucos o trabalho escravo pelo assalariado, que resultou em uma enorme crise econômica para o fechamento de fábricas, mas a indústria acalorounovamente e seu crescimento acontece em caráter reduzido em estabelecimentos com uma produção de forma artesanal para o consumo interno. Com o desenvolvimento da indústria e aumento da classe operária, organizando-se consequentemente mais tarde uma greve da classe proletária que reivindicavam o aumento dos salários, redução da jornada de trabalho e regularização do trabalho feminino e infantil eoutras mais.

Capítulo 3

Nesta fase começa-se uma compreensão de como iniciou a história sócio-política do serviço social sua intervenção frente a questão social e o desenvolvimento da profissão no Brasil. O Serviço Social é uma profissão no âmbito da relação do capital x trabalho e desde sempre atua na intervenção das diversas e diferentes formas da questão social. Em sua fase inicial oserviço social se designa com iniciativa de mulheres cristãs que se comprometeram em lutar contra as injustiças sociais que atingiam o país naquele tempo. Aliadas a igreja católica elas eram conhecidas como as pioneiras (os) e estavam engajadas na transformação da mentalidade da sociedade frente ao enfrentamento da questão social a partir de uma metodologia cristã seguindo para um projeto derenovação da sociedade em seus modos de ver, julgar e agir. As pioneiras (os) fundaram as primeiras Escolas de Serviço Social no Brasil, seus estudos eram voltados para a compreensão nas formas de intervir e enfrentar a questão social tinham também atividades voltadas as ações sociais e políticas da igreja. Outro fator no qual as pioneiras (os) passavam era a divisão sexual imposta pela igreja na qualpara os homens eram concedido cargos públicos e as mulheres a função religiosa, elas passaram a se profissionalizar por meio de uma formação qualificada para sua inserção no mercado de trabalho e passaram a competir com os homens. A ação da igreja católica em suas intervenções na questão social contribuiu na socialização da profissão contribuindo para as mudanças que sucederam nas décadas de 1930 e1940, o serviço social naquela ocasião não adiantava se qualificar tecnicamente para uma modernização conservadora e sim buscar na essência levando em conta seus métodos iniciais de trabalho social, no entanto o serviço social renovou e ampliou no que se exigia a questão social sem largar seu jeito individualista e fragmentado. Nessa nova fase da profissão os assistentes sociais nãosatisfeitos...
tracking img