Resumo sobre david ricardo - teorico da escola clássica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (295 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Conhecido por suas teorias de desenvolvimento econômico e de comércio internacional, David Ricardo foi a favor da acumulação de capital, de uma economia livre de restrições que pudessem diminuir acapacidade de maximização dos lucros e contra a intervenção do Estado na economia, pois para ele o Estado reduziria o nível de atividade econômica.
Segundo Ricardo, o crescimento do capital era amaior fonte de expansão da economia, e as políticas econômicas deveriam ser dirigidas para este caso. Para ele, a liberdade econômica gerava lucros máximos, e esta era a fonte de capital dosinvestimentos, as políticas que beneficiassem as indústrias maximizariam o crescimento econômico.
Ricardo tinha uma visão reformista do sistema, defendia reformas no sistema bancário e monetário, nosistema de assistência ao pobre e nas tarifas alfandegárias, apoiava liberdade de imprensa e de expressão. Era a favor dos industriais, pois achava que o desenvolvimento econômico não estava naagricultura, como pensavam os fisiocratas, pois o investimento na agricultura traria mais pessoas para trabalhar no campo, fazendo com que houvesse um regresso da industria. Outro ponto importante é queos altos preços de alimentos exigiam altas taxas de salários e custos na produção, sendo assim, dificultariam as exportações, com isso teriam um lucro menor, esse pensamento é conhecido como umacompleta teoria do crescimento econômico.
Ricardo também deu grande contribuição no que diz respeito em transformar a Economia em uma Ciência Social, pois desenvolveu um pensamento que tinhaaplicabilidade no âmbito internacional, mostrando que a especialização internacional e a divisão do trabalho eram vantajosas e que as restrições comercias prejudicavam o desenvolvimento da nação, essaanálise de equilíbrio completa-se com uma abordagem no campo do desenvolvimento econômico.

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
Fusfeld, Daniel. A era do Economista. São Paulo: Saraiva, 2001. pg...
tracking img