Resumo Sistema Nervoso (Histologia)

Páginas: 6 (1487 palavras) Publicado: 9 de setembro de 2013

Sistema nervoso
Funções:
Detectar, transmitir, analisar e utilizar informações obtidas por estímulos;
Organizar e coordenar as funções dos vários órgãos especializados
Divisão anatômica:
SNC: encéfalo, constituintes neurais do sistema fotorreceptor e medula espinhal
SNP: nervos e gânglios nervosos (pequenos agregados de células nervosas)
Componentes principais: neurônios e células daglia
No SNC: segregação entre os corpos celulares dos neurônios e de seus prolongamentos: distinção macroscópica em substância branca e substância cinzenta
Subst. Cinzenta: corpos celulares de neurônios e células da glia + prolongamentos de neurônios
Subst. Branca: prolongamentos de neurônios e células da glia. Grande quantidade de mielina.
Neurônios: respondem a estímulos (alterações nomeio) com modificações do potencial elétrico de suas membranas. Células com essa propriedade são ditas excitáveis (+ céls. Musculares, glândulas).
Impulso nervoso: propagação do potencial elétrico.
Neurônios
Responsáveis pela recepção, transmissão, e processamento de estímulos
Influenciam as atividades do organismo por meio da liberação de neurotransmissores e outras moléculas informacionaisFormados por:
Dendritos: prolongamentos numerosos, especializados na função de receber estímulos
Corpo Celular ou pericárdio: centro trófica da célula, também capaz de receber estímulos;
Axônio: prolongamento único, especializado na condução de impulsos
Classificação quanto à morfologia:
Multipolares: mais de dois prolongamentos celulares;
Grande maioria
Bipolares: um dendrito e um axônioEncontrados nos gânclios coclear e vestibular, retina e mucosa olfatória;
Pseudo-unipolares: apresentam, próximo ao corpo celular um prolongamento único que logo se divide em dois, dirigindo-se um ramo para a periferia e outro para o SNC
Início da vida embrionária: neurônios bipolares
Aproximação e fusão dos prolongamentos próximo ao pericárdio
Gânglios espinhais (gânglios sensoriais situadosnas raízes dorsais dos rervos espinhais) e nervos cranianos
Classificação quanto à função:
Motores: órgãos efetore (glândulas, fibras musculares)
Sensoriais: recebem os estímulos sensoriais, tanto do meio ambiente quanto do organismo
Interneurônios:  conexões com outros neurônios
Aumento no número e complexidade dos interneurônios durante a evolução dos mamíferos, para a execução defunções mais complexas.
Corpo Celular
Parte que contém o núcleo e o citoplasma envolvente
Centro trófico, e também receptor e integrador de estímulos
Exibe alta atividade sintética
Rico em RER
Corpúsculos de Nissl: manchas basófilas espalhadas no citoplasma, que representam os conjuntos de cisternas e ribossomos
Dendritos
Aumentam consideravelmente a superfície celular
Tornam-se mais finos àmedida que se ramificam, como galhos de uma árvore.
Espinhas ou gêmulas: pequenas projeções dos dendrtitosnas quais a maioria dos impulsos chega
Primeiro local de processamento dos sinais, muitas vezes funcionando como membrana pós-sináptica
Participam da plasticidade relacionada com a adaptação, memória e aprendizado
Axônios
Nasce de uma estrutura piramidal do pericárdio, o cone de implantaçãoSegmento inicial: parte do axônio entre o cone de implantação e o início da bainha de mielina
Região que recebe muitos estímulos, que podem gerar ou não impulso nervoso
Diâmetro constante e não se ramificam abundantemente
Ramificações colaterais: ramificações dos axônios em ângulo reto
Axoplasma pobre em organelas
Axônio é mantido pela atividade sintética do pericárdio
Telodendro: porçãofinal do axônio, que é muito ramificada
Movimento ativo de moléculas e organelas, devido aosmicrotúbulos e proteínas motoras (ATPases)
Fluxo anterógrado: de moléculas protéicas sintetizadas no pericárdio, sendo a proteína motora responsável a cinesina
Fluxo retrógrado: moléculas para serem reutilizadas, sendo a proteína motora responsável a dineína
O vírus da raiva se utiliza do fluxo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • HISTOLOGIA- SISTEMA NERVOSO
  • Histologia do sistema nervoso
  • HISTOLOGIA SISTEMA NERVOSO
  • Histologia sistema nervoso
  • resumos de histologia sistema endocrino
  • Resumo Sistema Nervoso
  • Resumo de histologia
  • Resumo Sobre Sistema Nervoso

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!