Resumo segunda semana gestacao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1340 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SEGUNDA SEMANA DE GESTAÇÃO

Após a formação da membrana de Heuser a cavidade blastocística passa a se chamar cavidade exocelômica. As células do endoderma do saco vitelino se modificam em um tecido conjuntivo frouxo, o mesoderma extra-embrionario, que envolve o âmnio e saco vitelino.
É durante a formação do saco vitelino que ocorre a formação das lacunas e o sangue materno recebe o HCG produzidopelo sinciciotrofoblasto que mantém o corpo lúteo até a formação da placenta. A comunicação dos vasos uterinos erodidos com as lacunas representa o inicio da circulação uteroplacentária.
À medida que ocorrem mudanças no trofoblasto e no endométrio, o mesoderma extraembrionário aumenta e espaços isolados aparecem dentro dele. Rapidamente esses espaços se fundem, formando uma cavidade isolada, oceloma extraembrionário. Ela envolve o âmnio e o saco vitelino, exceto onde eles estão aderidos ao córion através do pedículo do embrião.
A implantação começa no fim da primeira semana e usualmente ocorre no endométrio do útero e com mais frequência na parede posterior.

TERCEIRA SEMANA DE GESTAÇÃO

A terceira semana do desenvolvimento embrionário se caracteriza pela gastrulação (processo no qual odisco bilaminar se torna trilaminar), se inicia com a formação da linha primitiva na superfície do epiblasto do disco embrionário. Cada folheto originará diferentes órgãos e tecidos.
Ectoderma – epiderme, SN.
Endoderma – revestimentos da derme e do SD além de células das glândulas anexas.
Mesoderma – camadas musculares lisas, tecidos conjuntivos, sistema cardiovascular, fonte de células do sangue.Nesse período o embrião é chamado de gástrula.

Linha Primitiva
Seu aparecimento se dá na extremidade caudal do embrião, ela é o resultado da proliferação e migração das células do epiblasto para a região mediana do disco embrionário. A linha primitiva alonga-se pela proliferação de células na sua região caudal, a região cefálica se prolifera formando o nó primitivo. Juntamente se forma uma levedepressão na linha e no nó primitivo, o sulco primitivo e a fosseta primitiva, respectivamente, resultantes da invaginação das células do epiblasto.
Permite determinar o eixo cefalocaudal, a região cefálica e caudal o lado direito e esquerdo do embrião.
Após sua formação, células da linha primitiva formam um tecido conjuntivo frouxo, o mesênquima composto por células multipotentes. Um pouco deleformará o mesoderma intra-embrionário. O epiblasto também desloca o hipoblasto formando o endoderma no teto da cavidade vitelinea e o epiblasto passa a ser chamado de ectoderma.
Até o inicio da quarta semana de gestação a linha primitiva produz ativamente o mesoderma intra, mas com o passar do tempo a produção se torna menor e a linha primitiva vai diminuindo até sofrer um processo de degeneração edesaparecer.

Formação da notocorda
As células do epiblasto que se dirigem para o nó primitivo formam um cordão celular mediano, o processo notocorda, ele cresce cefalicamente até atingir a placa precordal (região aderida ao endoderma, essas camadas fundidas formam a membrana bucofaríngea). Caudalmente a linha primitiva se encontra a membrana clocal outra região onde ocorre a fusão do endodermacom o ectoderma.
A transformação do processo notocorda dá origem a notocorda.
* Define o eixo primitivo do embrião, dando-lhe certa rigidez.
* Serve de base para a formação do esqueleto axial.
* Indica o futuro local dos corpos-vertebrais.
A notocorda degenera e fica presente apenas no núcleo pulposo dos discos intervertebrais. A notocorda tem o papel de indutora primária no desenvolvimentoembrionário, ela induz o ectoderma do embrião a se espessar e formar a placa neural, primórdio do SNC.

Neurulação
É o processo que ocorre até o fechamento do tubo neural.

Placa e tubo neural
Com o desenvolvimento da notocorda ela produz substâncias, as quais provocam o espessamento do ectoderma em contato com a mesma dando origem a placa neural. Essa placa possui o mesmo tamanho da notocorda...
tracking img