Resumo romance urbano

Obra
Memórias de um Sargento de Milícias (1854-55).

Características literárias
. Seu único romance difere em muitos aspectos dos romances comumente publicados em folhetins do século XIX, o que explica sua fraca popularidade na época, e sua melhor aceitação na posteridade.

. A sociedade carioca apresentada em seu livro não é mais a bela classe média-alta que freqüentava as belas ruas dacapital, sem as preocupações da vida mundana e em busca de aventuras amorosas, mas sim o povo remediado, sofrido, que o autor conheceu desde a sua infância.

. Almeida escreveu com a liberdade expressiva, sem a superficialidade ou a distorção dos sentimentos.

. Há em sua obra a comicidade, o humor parcial, numa linguagem coloquial e direta, com o teor mais trágico do Romantismo.

.Suas personagens são tipos sociais, caricaturas da sociedade carioca na época de D. João VI com todos os seus costumes.

. Suas narrações ganham um caráter crônico e ao mesmo tempo observador que o aproxima muito do Realismo, mas com características mais arcaicas. Manuel Antônio de Almeida, por essa razão, é considerado como um escritor de transição do Romantismo para o Realismo.

.Especializou-se na análise psicológica de suas personagens femininas, revelando seus conflitos interiores.

. As obras indianistas revelam sua paixão romântica pelo exotismo, encarnado na figura do índio, com todos os seus costumes, crenças e relações sociais.

MANUEL DE ANTÔNIO ALMEIDA (rIO DE JANEIRO, 1831-1861)

Biografia
Manuel Antônio de Almeida nasceu no Rio de Janeiro em 1831 e faleceu, em1861, no Litoral Fluminense. Filho de pais portugueses pobres e órfão paterno aos dez anos, teve uma infância carente, contrária a de muitos escritores de seu tempo, o que o inspirou, na juventude, a escrever sobre a vida e os costumes da classe média baixa. Estudou Belas-Artes, para logo após cursar Medicina, formando-se em 1855. Publicou no Correio Mercantill, sob a forma de folhetins, seu únicoromance: Memórias de um Sargento de Milícias, escrito com o pseudônimo de "Um Brasileiro." Foi ainda diretor da Tipografia Nacional e Oficial da Secretaria do Ministério da Fazenda. Candidatou-se a deputado e, indo para Campos fazer campanha eleitoral, morreu no naufrágio do Vapor Hermes, nas costas do Rio de Janeiro.

f. Cartas
A Confederação dos Tamoios (1856); Ao Imperador: Cartas Políticas deErasmo (1865); Ao Imperador: novas cartas políticas de Erasmo (1865); Ao povo: cartas políticas de Erasmo
(1866); O Juízo de Deus (1867); Visão de Jó (1867); O sistema Representativo (1868).

Características literárias
. Abrangeu em sua obra todo um perfil da cultura brasileira, na busca de uma identidade nacional que transcorresse os seus aspectos sociais, geográficos e temáticos, numalinguagem mais brasileira, tropical, sem o estilo português, que até então rodeava os livros de outros romancistas.

. Escreveu de forma primorosa sobre os mais importantes temas que estavam em voga na literatura da época, descrevendo desde a sociedade burguesa do Rio até o índio ou o sertanejo das regiões mais afastadas.

. O romance urbano de Alencar segue muitas vezes o padrão do típicoromance de folhetim, retratando a alta sociedade carioca com todas as suas belas fantasias de amor.

. Por trás de toda a pompa e final feliz onde todos os segredos e suspenses que se desenvolvem nas complicadas tramas são desvendados, está a crítica, a denúncia da hipocrisia, da ambição e desigualdade social.

O ROMANCE URBANO

Caracteristica DO ROMANCE URBANO
Os romances urbanos tratam davida na capital e relatam as particularidades da vida cotidiana da burguesia, cujos membros se identificavam com os personagens. Os romances faziam sempre uma crítica à sociedade através de situações corriqueiras, como o casamento por interesse ou a ascensão social a qualquer preço.

AUTORES
Destacam-se as obras de Joaquim Manuel de Macedo, Manuel Antônio de Almeida e principalmente José de...
tracking img