Resumo romance urbano

Obra
Memórias de um Sargento de Milícias (1854-55).

Características literárias
. Seu único romance difere em muitos aspectos dos romances comumente publicados em folhetins do século XIX, o queexplica sua fraca popularidade na época, e sua melhor aceitação na posteridade.

. A sociedade carioca apresentada em seu livro não é mais a bela classe média-alta que freqüentava as belas ruas dacapital, sem as preocupações da vida mundana e em busca de aventuras amorosas, mas sim o povo remediado, sofrido, que o autor conheceu desde a sua infância.

. Almeida escreveu com a liberdadeexpressiva, sem a superficialidade ou a distorção dos sentimentos.

. Há em sua obra a comicidade, o humor parcial, numa linguagem coloquial e direta, com o teor mais trágico do Romantismo.

.Suas personagens são tipos sociais, caricaturas da sociedade carioca na época de D. João VI com todos os seus costumes.

. Suas narrações ganham um caráter crônico e ao mesmo tempo observador que oaproxima muito do Realismo, mas com características mais arcaicas. Manuel Antônio de Almeida, por essa razão, é considerado como um escritor de transição do Romantismo para o Realismo.

.Especializou-se na análise psicológica de suas personagens femininas, revelando seus conflitos interiores.

. As obras indianistas revelam sua paixão romântica pelo exotismo, encarnado na figura do índio, comtodos os seus costumes, crenças e relações sociais.

MANUEL DE ANTÔNIO ALMEIDA (rIO DE JANEIRO, 1831-1861)

Biografia
Manuel Antônio de Almeida nasceu no Rio de Janeiro em 1831 e faleceu, em1861, no Litoral Fluminense. Filho de pais portugueses pobres e órfão paterno aos dez anos, teve uma infância carente, contrária a de muitos escritores de seu tempo, o que o inspirou, na juventude, aescrever sobre a vida e os costumes da classe média baixa. Estudou Belas-Artes, para logo após cursar Medicina, formando-se em 1855. Publicou no Correio Mercantill, sob a forma de folhetins, seu único...