Resumo republica capitulo 3 e 4

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1262 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo: Livro III
Sócrates segue determinando a forma da educação no Estado imaginário. Ele dá atenção, primeiramente, a música, pois esta sutilmente promove a razão e a temperança e prepara a mente para os conhecimentos avançados. Discute-se o ritmo, à forma, os instrumentos, buscando-se o belo e o perfeito- com o objetivo de "formar a alma”. Logo, vem à literatura que é rigidamente analisadano conteúdo, na forma, tudo em virtude da formação ética do individuo e da constituição de uma sociedade digna, moral e, sobretudo, harmoniosa.
Depois da música e da literatura, a arte do corpo - ginástica - é a mais importante para os guardiões do Estado. Definem-se a alimentação e os hábitos, excluindo qualquer tipo que excitasse boemia, preguiça ou frivolidade.
A seguir, o grupo percebe que,se a educação for aplicada como determinada, médicos e juízes serão desnecessários. Apenas aqueles muito bons serão requisitados, e terá a função de selecionar quem é são e deixar morrer quem não o é.
Pensam também como deve ser o governante: deve ser o mais destacado guardião, o mais velho e inteligente, dando ênfase à parte filosófica (científica), que tenha autoridade e amor por aquilo quefaz. Deve ser testado durante a vida, e provar que priorizará o bem do Estado em qualquer situação que possa ser submetido.
Ainda neste capítulo, Sócrates conclui que, não adianta um homem educado aos moldes do Estado se este mesmo Estado deixa-o com fome ou necessitado de qualquer outra coisa, pois um homem desprovido das suas necessidades básicas é guiado pelo instinto e não pela razão. Então ofilósofo esboça um modelo comunista para seu Estado, que proverá os guardiões de habitações (públicas), comida (em comum) e outros bens semelhantes numa quantidade que não falte nem sobre, num regime igualitário entre os guardiões. Sócrates diz: Para o bom funcionamento da cidade é necessário três classes de homens: os trabalhadores, os guardiões, os governantes.- Todos devem receber uma boaeducação, cada qual de acordo com a sua classe. Para defender a cidade das ameaças, é necessária a manutenção dos guardiões. O guardião deve ter dons naturais e receber uma educação na qual a ginástica desenvolva a força moral, mais que a força física. Devem-se peneirar as letras das músicas (poesia, fábulas) porque estas contêm somente parte da verdade e com isso deturpam a alma; portanto, devem sofreruma censura constante, inclusive a Ilíada, onde se atribui aos deuses tanto o bem quanto o mal. Este tipo de poesia deverá ser banida da educação dos futuros guardiões. Não só a poesia/música, mas todas as demais artes deverão ser vigiadas. Os governantes devem ser escolhidos entre os mais velhos, os mais ilustrados e que mais amem a cidade, para que não defendam seu bem pessoal mais que o bemcomum .Conclui-se também, que o uso da
Mimese deverá ser limitada se destinando apenas à imitação dos homens de bem, pois, segundo Sócrates, “a baixeza, não devem ser capaz de praticá-la nem ser capazes de imitá-la, nem nenhum dos outros vícios, a fim de que, partindo da imitação, passem a gosar a realidade”

Resumo Livro IV
Neste capítulo, além de continuar o currículo educacional da República,Sócrates e seus amigos já se consideram aptos a definir a justiça. Depois de conceituar as outras "virtudes cardinais" ( sabedoria - virtude dos governantes que dirigem o Estado através da razão; coragem - virtude dos soldados ; temperança - a virtude de governantes e governados, que permite a harmonia ), eles reiniciam a discussão sobre aquela que é o motivo de toda a criação da República.
Nestemomento, revela-se o fundamento da cidade criada: para que ela fosse perfeita e feliz, cada um dos seus cidadãos deve fazer o que lhe é de dever, ou seja, cumprir com suas obrigações relacionadas com a função social que deve exercer e percebem que aí está a justiça no Estado. Ao aplica-la ao individuo, Platão demonstra que na cidade justa, cada classe - governantes soldados e trabalhadores-...
tracking img