Resumo referente ao texto o estudo do clima urbano no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1718 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O texto de Mendonça aborda, de maneira sintética, progressão dos estudos do clima urbano no Brasil nos últimos quarenta anos partindo da contribuição de Monteiro (1984) retratando as duas primeiras décadas chegando até a atualidade.As aglomerações urbanas contem mais de 50% de toda a população mundial e a relação entre população urbana/ rural é bastante diferenciada na superfície da Terra, sendoque em algumas localidades há predomínio de populações no campo e em outras nas cidades.No Brasil a passagem do estágio de população predominantemente rural para urbana aconteceu no inicio da década de 1960, o processo de urbanização apresentou considerável crescimento nas décadas seguintes ligados mais diretamente ao êxodo rural e a migração urbano-urbano caracterizado como urbanizaçãocorporativa gerou cidades com degradações de vida e do ambiente urbano. A preocupação com as alterações introduzidas pelo processo de urbanização na qualidade do ar da cidade constitui o principal interesse para estudos do mesmo. A partir da década de 1970 os estudos do clima passaram a ser desenvolvidos de maneira mais frequentes no Brasil.A cidade da modernidade revela-se como resultado material dasuperação das relações feudais pelas mercantis e capitalistas de produção no mundo ocidental. As relações capitalistas de produções passaram a centralizar cada vez mais as produções, o consumo a circulação predominando no espaço os interesses privados e individuais sobre os públicos e coletivos.O processo de planejamento urbano, na grande maioria deles o enfoque volta-se quase que exclusivamente aosinteresses econômicos gerando ambientes altamente nocivos e o ambiente atmosférico constitui uma parte dele. O conhecimento da atmosfera desenvolveu-se, por conseguinte e por muito tempo sob uma perspectiva estática, matematizada e isolada de possíveis correlações entre os outros ramos do saber.Com o emprego da teoria dos sistemas, da noção de dinâmica da atmosfera, o sítio e o fator urbano, que oclima passou a ser enfocado do ponto de vista mais holístico e numa dimensão evolutiva, originando os estudos de climas urbanos como se pode observa hoje. A degradação do ambiente urbano e o agravamento da qualidade da vida urbana fizeram que a climatologia aprimorasse os estudos a alcançasse uma interação com os urbanistas, integrando o clima ao planejamento urbano através da abordagem seguindotrês campos diferentes, mas associados uns aos outros:Campo Termo- higrométrico, no qual são enfatizados os estudos de ilhas de calor e de frescor urbanas, do conforto e desconforto térmico, de inversões térmicas etc.Campo físico-químico ou Dispersão, voltado à analise da dinâmica do ar na sua interação com a cidade destacando a poluição do ar, as chuvas ácidas, a relação entre estrutura urbana e osventos etc.Campo Hidrometeórico, relacionado aos estudos das precipitações urbanas e seus impactos, tais como processos de inundações nas cidades.O processo de urbanização brasileiro se deu de maneira muito rápida, desigual bem como destituído de perspectivas de planejamento, o desenvolvimento das cidades resultou na formação de espaços eivados de consideráveis disparidades sócio-econômicas e deelevada degradação sócio-ambiental, neste a deterioração da atmosfera é apenas um testemunho da relação predatória entre a natureza e a sociedade.Dos três campos de estudo do clima urbano o termo-dinâmico é o qual a maioria dos estudos foi realizada evidenciando que a similaridade entre os países desenvolvidos, nos quais também se observa maior preocupação com as condições térmicas e hidrométricasda cidade. Se naqueles os estudos tem revelado da ilhas de calor noturnas na situação e inverno, neste os estudos se voltam para a redução das temperaturas muito elevadas, pois os altos índices de calor urbano ,vespertino e noturnos nas cidades tropicais, geram consideráveis desconfortos térmicos e agravamento de inúmeras moléstias. Para as áreas urbanas de baixas latitudes, as ilhas de frescor...
tracking img