Resumo psicologia cognitiva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3886 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Terapia Cognitiva emerge da busca de Aaron T. Beck por evidências empíricas de proposições psicodinâmicas relativas aos quadros depressivos. A não validação empírica dessas proposições e o surgimento de evidências que contrariavam as proposições em questão, serviram como pontos de partida para a edificação do modelo denominado Terapia Cognitiva. Este modelo propõe a cognição como o elementocentral na determinação do comportamento e da vivência emocional do indivíduo, submetendo assim todos os sistemas psicológicos – atenção, memória, percepção, comportamento, emoção - prioritariamente à sua influência. Nas palavras de Beck (2000,pg.23),
 
cognição é definida como aquela função que envolve deduções sobre nossas experiências e sobre a ocorrência e o controle de eventos futuros... acognição inclui o processo de identificar e prever relações complexas entre eventos, de modo a facilitar a adaptação a ambientes passíveis de mudanças.
 
Desta forma a teoria da Terapia Cognitiva apresenta-se como uma teoria formal acerca da influência que teorias pessoais – as cognições automáticas do indivíduo – exercem sobre seus sistemas psicológicos. Podendo assim ser entendida como umateoria de teorias.
Ao subordinar os diversos sistemas psicológicos à influência das cognições, a terapia cognitiva eleva a cognição ao estatus de lócus determinante da adaptação psicológica e consequentemente atribui àquelas cognições distorcidas o papel de causador e mantenedor dos diversos distúrbios psicológicos.
Ao termos as cognições distorcidas como o elemento comum a todos os quadros dedistúrbios psicológicos, a correção destas passa a ser entendida como o caminho para promoção da remissão dos sintomas psicopatológicos.
 Qualquer teoria, seja ela científica, filosófica, teológica ou de senso comum, deriva suas proposições de pressupostos tomados como válidos ‘a priori’. Ou seja, suas proposições se sustentam em postulados com os quais os adeptos daquele corpo teórico devemnecessariamente concordar. Para que uma teoria científica tenha seu estatus de cientificidade validado dentro da comunidade acadêmico-científica faz-se necessário que todas as proposições que componham um dado corpo teórico apresentem-se como congruentes com seus pressupostos fundamentais. Para que tal congruência possa ser explicitada é necessário que estes pressupostos sejam apresentados. No primeirocapítulo de seu livro ‘O poder integrador da terapia cognitiva’ (2000) Aaron T. Beck apresenta o que entende serem os dez axiomas de seu modelo teórico.
Nestes pressupostos estão descritas as relações de influências entre variáveis cognitivas, emocionais, comportamentais, ambientais, de caráter interpessoal e de caráter sócio-culturais que balizam o modelo teórico proposto por Beck.
São contempladosnesses axiomas: a natureza das cognições, a relação entre cognições e os diversos sistemas psicológicos, o caráter maladaptativo de cognições disfuncionais, os diversos níveis de cognição e de significados, bem como o caráter contextualista da terapia cognitiva.
 
Título : MÓDULO "2"
De maneira resumida podemos dizer que a terapia cognitiva propõe que a modificação das cognições automáticasdistorcidas promovem a melhora dos quadros de distúrbios psicológicos. Esta afirmação sustenta-se na idéia de que os cognições automáticas distorcidas são comuns a todos os quadros de distúrbios psicológicos, sendo portanto responsáveis por seu surgimento e manutenção. Após os trabalhos de Aaron T. Beck com os quadros depressivos, muito autores se dedicaram a demonstrar a eficácia do modelocognitiva no tratamento de outros quadros psicopatológicos demonstrando assim a amplitude de patologias que se mostravam suscetíveis às intervenções cognitivistas. Dentre os quadros que apresentam uma importante melhora frente a terapia cognitiva encontram-se transtornos de ansiedade, transtornos de humor, transtornos alimentares, transtornos de personalidade, dentre outros. A terapia cognitiva também...
tracking img