Resumo "processo referencial"

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (274 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MARCUSCHI, Luiz Antônio. Processo referencial. In:___. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola, 2009. p.130-142.

Leno Serra Callins*

Resumo:Conforme o seu título antecipa, a seção 1.13 trata do processo referencial na língua portuguesa, o qual, segundo o autor, é um dos capítulos que, embora essencial (relacionando-secom questões como a continuidade tópica e o problema da coerência), ainda é pouco trabalhado. O texto rapidamente discorre sobre a tendência extensionalista e a tendênciainteracionista, as duas tendências mais básicas acerca da discussão do tratamento da referência, tudo para poder adentrar na discussão, ancorada em Mondada (1994), Moeschler e Reboul (1994) eMondada e Dubois (1995), que objetiva demonstrar o quão a referenciação e a referência se distanciam, afirmando a mudança de uso da noção de referência, vista como uma atividadediscursiva ao invés de uma atividade de “etiquetação” do mundo preexistente extensionalmente designado, já que a construção do sentido se dará mediante a interação ou entre as pessoasou com o texto, sendo que se deve ter em mente a relação entre referenciação e coerência e, para uma satisfatória análise da mesma, deve ser considerada que a construção e oprogresso do texto acontecem por meio de dois processos: a progressão referencial (o uso de cinco estratégias de designação de referentes na formação de uma cadeia referencial) e aprogressão tópica (o desenvolvimento do assunto tratado no texto).

Palavras chave: Processo Referencial. Referência. Referenciação.





* Graduando do quinto semestre do curso deLetras Licenciatura com habilitação em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Respectivas Literaturas pelo Instituto de Ensino Superior do Amapá (IESAP).
E-mail: yorktyre@gmail.com
tracking img