Resumo plano marshall

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1479 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Plano Marshall

O Plano Marshall integra-se no conjunto de políticas de reestruturação e auxílio aos países europeus devastados pela II Guerra Mundial. Em pleno período da presidência de Henry Truman, o Secretário de Estado, George Marshall, lança, em 1947, um gigantesco plano de ajuda económica e financeira ao continente europeu (Nouschi, 1995, pp. 190-221).
Importa salientar que esteplano abrangia, efetivamente, todos os países europeus, inclusive os países de Leste e a URSS, sendo que esta última não só recusou a ajuda, como forçou países como a Polónia e a Checoslováquia a fazê-lo, igualmente (Nouschi, 1995, pp. 195-209).
O plano Marshall foi oficialmente enunciado na Universidade de Harvard a 5 de Junho de 1947, tendo sido bastante revolucionário na medida produce a rational,multilateral approach to their commem que exigia que os destinatários se organizassem para produzir uma abordagem racional e multilateral para solucionar os seus problemas económicos comuns. Another innovative feature was its limited Outra característica inovadora foi a sua limitada duração, um máximo de quatro anos, tendo sido assegurando aos contribuintes e aos representantes, que este nãoseria um compromisso por tempo indeterminado (Ferreira e Zenha, 2003, pp. 123-125).
Este The program--whose official title wa programa, cujo título oficial era "European Recovery Program"--aimed at: (1) increasi«Programa de Recuperação Europeia» tinha como premissas fundamentais: (1) aumentar a production; (2) expanding European foreign trade; (3) facilitaprodução; (2) a expansão do comércio externoeuropeu, (3) facilitar a European economic cooperation and integration; and ( Cooperação económica e integração europeia; e (4) o controlo da inflação, tendo sido esta última a principal falha do programa (Hobsbawnm, 1996, pp. 145-167).
The idea of massive US loans to individual countries had already A ideia de empréstimos maciços dos EUA para os países europeus, de forma individual, já tinhasido levado a cabo desde o final da guerra, com mais de 30 bilhões de dólares a serem emprestados, a baixo juro, porém não tinha conseguido levar adiante progressos significativos contra problemas sociais e económicos da Europa (Hobsbawnm, 1996, pp. 146-154).
A nível prático, os seus fundos não se destinaram sobretudo para a feeding individuals or building individual houses, schools, oralimentação ou construção de casas, escolas, ou factories, but at strengthening the economic superstructure fábricas, mas principalmente para o reforço da superestrutura económica particularmente das indústrias de ferro-aço e energia (Hobsbawnm, 1996, pp. 146-164). Todavia, os problemas decorrentes da II Grande Guerra não incluíam somente a falta de capital para investimentosbeen tried (nearly $20billion--mainly long-term, low inter´, mas também a necessidade europeia de superar a queda do comércio e a inflação incontrolável e galopante.The program cost (particularly the iron-steel and power iNeste sentido, o plano Marshall ajudou a estimular o renascimento do comércio europeu com o mundo eincreased trade among European countries. o aumento do comércio entre os países europeus (Rémond, 1994, pp.156-167).
Americans were reluctant to invest in Europe because their profiPorém, os americanos estavam relutantes em investir na Europa, porque os seus lucros were available only in local currencies that were little desired by estavam disponíveis apenas em moedas locais, pouco desejadas porUS businesses and investors. Empresas e investidores americanos. The Marshall Plan guaranteed thaDeDe Destaforma, o Plano Marshall garantiu que these investors would be able to convert their profits earnedesses investidores fossem capazes de converter os seus lucros auferidos em moedas europeias em dólares americanos (Rémond, 1994, pp. 157-197).
European currencies into US dollars. Para uma correta distribuição das verbas a conceder aos dezasseis países europeus, inclusive Portugal, que aceitaram o...
tracking img