Resumo periodo filosofico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3544 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Aristóteles (384-322 a C) grande pensador e também cientista, pois, não se ateve apenas ao campo da filosofia, mas fez incursões em outras áreas do conhecimento como a astronomia, a biologia, etc. Foi discípulo de Platão, no entanto seu ensamento difere do de seu mestre.
Foi um grande sistematizador do saber e dividiu a filosofia entre ciências teóricas:
metafísica; ciências práticas: filosofiaprática ou ética e política.
Diferente de Platão ele não divide o mundo em dois para conhecer a verdade, acha que isso é desnecessário e procura encontrar a estrutura do ser na própria realidade. Sua ética não fala da constituição do estado e da vinculação do homem a ele,
mas diz que a eticidade do homem está em ser virtuoso e que o fim do homem é a
felicidade.
Aristóteles (384-322) foidiscípulo de Platão e um dos principais sistematizadores do saber. Sua obra é imensa e muito complexa. Muitos de seus escritos se perderam, mais temos livros seus que são de grande valor para a compreensão de seu pensamento. Seus livros de maior destaque e influência sobre a cultura ocidental são a metafísica a Ética a Nicômaco e a Poética.
Em sua metafísica (filosofia primeira), trata da ciência do“ser enquanto ser” cuja
repercussão foi profunda, principalmente sobre o cristianismo na filosofia escolástica
que tem em Tomás de Aquino um dos maiores intérpretes de Aristóteles. No entanto, o que nos interessa aqui, é compreender os conceitos fundamentais de sua ética, que se encontram principalmente na já citada Ética a Nicômaco Aristóteles estabelece uma hierarquia do saber. No topo doconhecimento estão as ciências teoréticas, entre as quais a metafísica é a mais elevada, onde o saber é fim em si mesmo. Depois estão as ciências práticas, cujo conhecimento é a respeito de algo diferente de si mesmo que é a conduta dos homens. As ciências práticas estão divididas em duas: ética e política. A princípio nos ocuparemos da primeira.
Para os gregos o homem é antes de tudo um animal político,ou seja, é impossível conceber o homem fora de uma sociedade. O ser humano é feito para viver em comunidade, daí a grande preocupação de como o indivíduo deve viver. Qual a
finalidade do ser humano? Como se deve agir? Estas questões serão sempre
interpretadas no contexto da pólis grega (cidade), pois, o indivíduo não é superior à
cidade mas, existe em função dela. Não obstante, o homemsubordinar-se à cidade,
Aristóteles, dá à ética em seus escritos um tratamento bastante aprofundado
separadamente da política, sendo esta última que dirá respeito à cidade como um
todo, o que já não acontece com os escritos de Platão. Não se trata de dizer
que ética e política se separam em Aristóteles, mas que têm análises mais
aprofundadas individualmente.
Vejamos o que ele diz em sua ética: “Comefeito, ainda que tal fim (o bem) seja o mesmo tanto para o indivíduo quanto para o Estado, o deste último parece ser algo maior e mais completo, que a atingir, quer a preservar. Embora valha bem a pena
atingir esse fim para um indivíduo só, é mais belo e mais divino alcança-lo para uma nação ou para as cidades estados”. (Aristóteles. Os Pensadores, São Paulo: Abril Cultural, 1984. p. 50)
Vemosque Aristóteles prefere que o bem atinja a cidade toda, a atingir somente
um ou poucos. Conclui-se então que a conduta do indivíduo deve considerar o
bem do estado como um todo. Mas ainda falta dizer qual é o elemento central da
ética aristotélica.
Segundo nosso filósofo, todas as coisas tendem a um bem, e o bem humano por
excelência é a felicidade. A finalidade do homem está em ser feliz.Ora, impossível
ser feliz, se a família não for feliz, se meus amigos não forem felizes, enfim, se todos
os meus concidadãos também não forem felizes. Então, deve-se preservar e buscar a
felicidade de toda a cidade. Mas da felicidade do estado e sua constituição
trataremos ao falar da política.


A Patrística
A patrística propriamente dita irá se delinear a partir do séc. III d. C. e...
tracking img