resumo para estudos de filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 9 (2043 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 14 de agosto de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Filosofia
A Filosofia como conhecemos hoje - uma ciência que estuda as inquietações humanas e visa explicá-las de maneira racional - surgiu na Grécia antiga, no século VI a.C, época em que basicamente tudo era explicado e tinha suas origens na mitologia. Fenômenos como um raio, por exemplo, eram tidos como uma manifestação da ira de Zeus, o comandante de todos os outros deuses. Essa explanação“divino-mitológica” para a realidade se chamou, então, cosmogonia. Porém, os pensadores inquietos da época quiseram responder e explicar fenômenos e perguntas como essas de maneira racional e lógica, o que foi identificada como cosmologia.
Começa-se, então, a se distinguir o mito da lógica, o que antes era unido (mitologia ou lógica do mito) passa a ser separado, para se entender e se abordar alógica do fato e/ou fenômeno, o que a filosofia caracteriza como o período de transição “do mito ao logos”, ou seja, da explicação por meio de histórias oralmente repassadas (mitos) para a explicação racional e lógica da coisas (logos).
Estranhamento ou admiração pelo mundo.
Tem por objeto a totalidade das coisas, toda a realidade, “o todo”.
Tem por método o racional.
Estimula reflexões. Refletirnossos pensamentos e ações.
Explicar de maneira racional.
Tem como finalidade a pura contemplação da verdade, a verdade como tal.
A contemplação da verdade é vista como fundamento da moral e da política.
Por meio de um olhar diferente, ela busca outra dimensão da realidade além das necessidades imediatas nas quais o individuo se encontra. Ao repensar o pensamentos e os atos, o individuoabre-se para a mudança.


Conteúdo da filosofia: No que se refere ao conteúdo, a filosofia quer explicar a totalidade das coisas, ou seja, toda a realidade, sem exclusão de partes ou momentos dela. A filosofia, portanto, se distingue das ciências particulares, que assim se chamam exatamente porque se limitam a explicar partes ou setores da realidade, grupos de coisas ou de fenômenos. E a perguntadaquele que foi considerado como o primeiro dos filósofos - "Qual é o principio de todas as coisas?" - mostra a perfeita consciência desse ponto. A filosofia, portanto, propõe-se como objeto a totalidade da realidade e do ser.
Método da filosofia: No que se refere ao método, a filosofia procura ser "explicação puramente racional daquela totalidade" que tem por objeto. O que vale em filosofia é oargumento da razão, a motivação logica, o logos. Não basta a filosofia constatar, determinar dados de fato ou reunir experiências: ela deve ir além do fato e além das experiências para encontrar a causa ou as causas apenas com a razão.
Finalidade da filosofia: o escopo ou fim da filosofia está no puro desejo de conhecer e contemplar a verdade. Em suma, a filosofia grega é desinteressado amor pelaverdade. Conforme escreve Aristóteles, os homens, ao filosofar, "buscaram o conhecer a fim de saber e não para conseguir alguma utilidade prática". É fim a si mesma porque tem por objetivo a verdade, procurada, contemplada e desfrutada como tal.
Conclusões sobre o conceito grego de filosofia: Embora não se submeta a objetivos utilitaristas, ela possui relevância moral e também politica deprimeira ordem. Com efeito, é evidente que, ao se contemplar o todo, mudam necessariamente todas as perspectivas usuais, muda a visão do significado da vida do homem, e uma nova hierarquia de valores se impõe. Em resumo, a verdade contemplada infunde enorme energia moral. E, como veremos, com base precisamente nessa energia moral Platão quis construir seu Estado ideal.

TIPOS DE CONHECIMENTO:
Mítico:É um tipo de conhecimento que ajuda o ser humano a "explicar" o mundo por meio de representações que não são logicamente raciocinadas, nem resultantes de experimentações científicas. O conhecimento mítico também é "expresso por meio de linguagem simbólica e imaginária". Assim, ainda que o conhecimento mítico crie representações para atribuir um sentido às coisas, ele ainda se baseia na...
tracking img