Resumo mobilidade na cidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (269 palavras )
  • Download(s) : 1
  • Publicado : 25 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ROLNIK, Raquel and KLINTOWITZ, Danielle. (I)Mobilidade na cidade de São Paulo. Estudos Avançados. [online]. 2011, vol.25, n.71, p. 89-108. ISSN 0103-4014.

Apredominância de transporte em São Paulo, até a década de 20, era coletiva e a cidade possuía três vezes mais quilômetros de extensão com a rede de bondes do que tematualmente a rede de metrô. Isso para uma população doze menor que a de hoje.
Com o aumento da população e os poucos, se comparados com o aumento da população,investimentos na infraestrutura para os transportes, ocorreram e ainda acontecem os congestionamentos e as longas horas para o deslocamento dentro da cidade.
A cidadecom o passar do tempo foi montando seu sistema de mobilidade, onde o modelo de anéis marca a estrutura de circulação. Foi implantado o sistema de metrô, mas pornão ser muito extenso ainda necessita do ônibus para interligá-lo com muitas áreas, e assim não elimina um significativo número de ônibus das vias.
A popularização doautomóvel e a facilidade de compra do mesmo fizeram com que o numero de veículos particulares aumentasse expressivamente, intensificando ainda mais o tráfego nasvias, prejudicando a velocidade do ônibus e se tornando cidade dos carros.
Apesar de terem sido realizadas várias obras de infraestrutura para melhorar a mobilidadea maioria dos recursos é destinada para o automóvel.
Com a expansão da cidade, para uso residencial, para as áreas periféricas as distâncias a serem percorridas émaior e com a velocidade média do ônibus igual a 80 anos atrás a duração do percurso também aumenta. E quem sofre, principalmente, é a população de baixa renda.
tracking img