Resumo manisfesto comunista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (537 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
De acordo com Marx e Engels, a sociedade capitalista é dividida em classes: de um lado proprietários, latifundiários e burgueses, que detém os meios de produção; do outro lado os trabalhadores ecamponeses, que só possuem capacidade de trabalho para vender em troca de salário. Sendo que o segundo grupo é explorado pelo primeiro. Para os autores do Manifesto Comunista há uma luta entre os doispólos da sociedade, uma luta de classes.
Para Marx o conflito e a luta de classes são inevitáveis nas sociedades capitalistas, porque os interesses de trabalhadores e dos capitalistas, que são donos dosmeios de produção, são fundamentalmente divergentes. A luta de classes é o motor que impulsiona e molda a “mudança social”.
Sempre houve exploração, seja na cidade seja no campo. Contudo, antes, nassociedades predominantemente rurais esta exploração era velada. Porém a burguesia a desnudou, convertendo, claramente, os trabalhadores em operários assalariados.
Se nas sociedades feudais a revoltase dava numa luta entre camponeses e a nobreza, nas sociedades capitalistas a luta se dá entre os trabalhadores explorados e os empregadores donos do capital e, portanto, donos dos meios de produção.A mudança das regras das sociedades capitalistas, segundo Marx, deveria partir dos operários das fábricas, que, organizados, fariam uma revolução socialista.
A luta entre as classes detrabalhadores contra os proprietários definiria as transformações que deveriam ocorrer.
Quando as desigualdades sociais fossem suprimidas e a riqueza nacional, produzida coletivamente, fosse capaz de garantircondições dignas de vida a toda a população, estaria alcançado um novo estágio: o comunismo.
No comunismo não haveria mais classes sociais, nem mesmo o estado seria necessário. Não havendo maisdesigualdade estaria aberto o caminho para a existência de uma sociedade livre de qualquer tipo de dominação, opressão e exploração.
Marx e Engels propõem como modo de reversão desse estado de coisas...
tracking img