Resumo livro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2733 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo do livro "O que é a comunicação" de Juan E. Diaz Bordenave

“O conhecimento da verdade leva à virtude. Basta que uma pessoa conheça o que é verdadeiro, para que ela procure viver de acordo com a verdade” (Sócrates)
Um melhor conhecimento da comunicação pode contribuir para que muitas pessoas adotem uma posição mais crítica e exigente em relação ao que deveria ser a comunicação na suasociedade.
O meio ambiente social da comunicação
A comunicação está presente em todos os lugares, por exemplo, em um estádio de futebol (nos gritos da torcida, nas cores das bandeirinhas, nos números das camisetas dos jogadores, nos gestos, apitos e cartões do juiz e dos bandeirinhas, no placar eletrônico, nos alto falantes e radinhos de pilha, nas conversas e insultos dos torcedores, em seusgritos de estímulo, no trabalho dos reportes, radialistas, fotógrafos e operadores de TV. O próprio jogo é um ato de comunicação.
A comunicação não existe por si mesma, como algo separado da vida da sociedade. Sociedade e comunicação são uma só. Não poderia existir comunicação sem sociedade, nem sociedade sem comunicação.
Comunicação e socialização
A comunicação foi o canal pelo qual os padrões devida da sua cultural foram-lhe transmitidos, pelo qual aprendeu a ser “membro” de sua sociedade. Foi assim que adotou a sua “cultura” (os modos de pensamento e de ação, suas crenças e valores, seus hábitos e tabus)
A comunicação confunde-se com a própria vida. Pessoas que foram impedidas de se comunicarem durante longos períodos, enlouqueceram ou ficaram perto da loucura. A comunicação é umanecessidade básica da pessoa humana, do homem social.
Os meios em nossa vida
É um erro considerar os meios de comunicação social (TV, jornais, novelas, rádios) como representando o maior vulto na comunicação global da sociedade.
No seio do associativismo em ascensão e da luta pelo fortalecimento da “sociedade civil” o homem está reaprendendo a comunicação pessoa a pessoa.
Do grunhido ao satéliteA comunicação evoluiu de uma pequena semente – associação inicial entre o signo e um objeto – para formar linguagens e inventar meios que vencessem o tempo e a distância, ramificando-se em sistemas e instituições até descobrir o mundo com seus ramos.
A comunicação humana tem um início nebuloso. Não se sabe como os homens primitivos começaram a se comunicar. Alguns afirmam que os primeiros sonsusados para criar uma linguagem eram imitações dos sons da natureza. Outros afirmam que os sons humanos vinham das exclamações espontâneas.
A história mostra que os homens encontraram a forma de associar um determinado som ou gesto a um certo objeto ou ação.
O signo é qualquer coisa que faz referência a outra coisa ou idéia, e a significação consiste no uso social dos signos.
Na linguagem,algumas palavras tem a função de indicar ação, outras de nomear coisas, outras de descrever qualidades ou estados das coisas, etc, isso tem os nomes de verbo, substantivo, adjetivo, advérbio, etc.
Vencer o tempo e a distância
Para fixar seus signos o homem utilizou primeiro o desenho e mais tarde a linguagem escrita. Para resolver o problema do alcance, o homem inicialmente apelou a signos sonoros evisuais. As mensagens escritas, com efeito, podem ser transportadas a qualquer distância.
A linguagem escrita evoluiu a partir dos pictogramas, signos que guardam correspondência direta entre a imagem gráfica (desenho) e o objeto representado (ex.: desenho do sol significa sol)
Chegou um momento e que o homem sentiu-se demasiadamente limitado pela necessidade de que a cada signo correspondesse umobjeto, mas para representar idéias (ex.: a figura de um pássaro voando significaria “pressa”), este tipo de escrita recebeu o nome de ideográfica.
Um grau ainda maior de liberdade foi alcançado quando os homens perceberam que as palavras ou os nomes de objetos compunha-se por unidades menores de som (fonemas), e que, por conseguinte, os signos podiam representar estas unidades de som e não...
tracking img