Resumo livro teoria do conhecimento johannes hessen

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3353 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RELATÓRIO DE LIVROS

LICENCIATURA EM FILOSOFIA
Paulo Rogério da Silva

Resumo do Livro

A teoria do conhecimento, como seu nome indica, é uma teoria, isto é, uma explicação ou interpretação filosófica do conhecimento humano: “é uma teoria, isto é, uma interpretação e uma explicação filosóficas do conhecimento humano” (Hessen, 1998, p. 19). No conhecimento encontra-se frente a frenteà consciência e às coisas (sujeito e objeto). A relação entre os dois elementos é ao mesmo tempo uma co-relação. O sujeito só é sujeito para o objeto e o objeto só é objeto para um sujeito. Ambos eles só são o que são enquanto o são para o outro (Hessen, 1998, p. 22).
Na teoria do conhecimento uma dúvida mortal se encontra justamente na questão que visa esclarecer qual dos dois pólos é omais determinante no conhecimento. É o sujeito ou o objeto? A partir de então, se perceberá que as linhas filosóficas se contrabalancearão a respeito de uma resposta definitiva: algumas penderão para o sujeito, outras para o objeto.

1. Possibilidade do Conhecimento
Segundo Hessen, a questão da possibilidade do conhecimento divide-se em cinco problemas particulares: a) dogmatismo; b)ceticismo; c) subjetivismo e relativismo; d) pragmatismo; e) criticismo.
a) Dogmatismo: é o proceder dogmático da razão pura, sem a crítica do seu próprio poder, que tem por supostas a possibilidade e a realidade do contato imediato do sujeito em relação ao objeto. Com isso, o dogmatismo põe uma confiança cega no sujeito para conhecer o objeto: o dogmático “não vê que o conhecimento é,essencialmente, uma relação entre sujeito e objeto. Ao contrário, acredita que os objetos de conhecimento nos são dados como tais, e não pela função mediadora do conhecimento (Hessen, 1998, p. 30).
b) Ceticismo: afirma que o conhecimento do objeto pelo sujeito é impossível, ou seja, demonstra a impossibilidade da consciência cognoscente apreender o objeto: “enquanto o dogmático encara apossibilidade de contato entre sujeito e objeto como auto-evidente, o cético a contesta” (Hessen, 1998, p. 31). Em outras palavras, “enquanto o dogmatismo enche o pensador e o pesquisador de exagerada confiança, o ceticismo mantém desperto o sentimento do problema” (Hessen, 1998, p. 36). No entanto, o ceticismo cai numa séria contradição, pois afirma que o conhecimento é impossível, mas com isso exprimeum conhecimento.
c) Subjetivismo e Relativismo: subjetivismo e relativismo são linhas muito próximas, a ponto de serem confundidas e complementadas. Com relação ao subjetivismo, trata-se da possibilidade em que o sujeito conhece de fato o objeto, mas de um ponto de vista particular: “restringe a validade da verdade ao sujeito que conhece e que julga. Este pode ser tanto o sujeito individualou indivíduo humano quanto o sujeito genérico ou o gênero humano” (Hessen, 1998, p. 36). Já o relativismo é a posição que afirma a não existência de verdade absoluta e universalmente válida, reduzindo assim o seu discurso de verdade como relativo: “também para ele, não há qualquer validade geral, nenhuma verdade absoluta. Toda verdade é relativa, tem validade restrita (Hessen, 1998, p. 37).d) Pragmatismo: segundo esta corrente, conhecimento verdadeiro é aquele significa ser conhecimento útil, valioso, fomentador da vida, pois o homem não é essencialmente um ser teórico ou pensante, mas sim um ser prático, um ser de vontade e de ação: “verdadeiro, segundo essa concepção, significa o mesmo que útil, valioso, promotor da vida” (Hessen, 1998, p. 40).
e) Criticismo: esta linhade pensamento compartilha questões tanto com o dogmatismo como também com o ceticismo. Assim como o dogmatismo, o criticismo está seguramente convencido de que há um possível conhecimento, que há uma verdade; no entanto, partilhando, por sua vez, também com o ceticismo, junta tal confiança de conhecer com a desconfiança da determinação de qualquer tipo de conhecimento. Com isso, ele examina...
tracking img