Resumo: ler e compreender: os sentidos do texto 2ª edição são paulo: contexto, 2007

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1131 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
KOCH, I. ELIAS, V. M. Ler e compreender: os sentidos do texto 2ª Edição São Paulo: Contexto, 2007

Em Ler e Compreender: os sentidos do texto, a autora KOCH aborda a leitura de uma forma mais profunda explorando a construção dos sentidos, a estrutura do texto e as diversas formas de leitura
Para KOCH (2002), a concepção e língua como representação do pensamento corresponde à de sujeitopsicológico, individual, dono de sua vontade e de suas ações, ou seja, o sujeito tem uma representação mental e quer que o leitor capte as suas intenções, idéias e emoções através do texto, da maneira que foi idealizada pelo autor. Por sua vez, o sujeito determinado, “assujeitado” pelo sistema, é caracterizado pela ausência dessa representação mental.
Baseada nisso a autora relata que a leitura éa atividade de captação das idéias do autor, sem se levar em conta as experiências e conhecimentos do leitor, ou seja, o autor escreve suas idéias e intenções no texto, e o leitor as capta adquirindo informações para si.
Na concepção de língua como código, como um instrumento de comunicação entre o autor e o leitor, e de sujeito como (pré)determinado pelo sistema, podemos considerar o textocomo um produto codificado pelo autor e decodificado pelo leitor, que para entender basta saber o código utilizado, que no caso seria as letras de seu alfabeto.
Neste caso, o ato de ler exige o foco no texto, se antes lhe cabia apenas entender as idéias do autor, agora ele tem que entender os sentidos das palavras e a estrutura do texto. Nos dois casos o leitor se caracteriza pela atividade dereconhecer e reproduzir o que está escrito.
Diferente das concepções anteriores, a concepção interacional (dialógica) da língua vê os sujeitos como atores ou construtores sociais do texto.
Nessa concepção o sentido do texto é constituído na interação texto-sujeito, sem seguir uma regra pré-determinada, fazendo da leitura um atividade interativa altamente complexa de produção de sentidos, quese mostra através da sua estrutura lingüística, mas requer um conjunto de informações no ato de ler.

A autora resume dessa forma:
* A leitura é uma atividade na qual se leva em conta as experiências e os conhecimentos do leitor;
* A leitura de um texto exige do leitor bem mais que o conhecimento do código lingüístico, uma vez que o texto não é simples produto da codificação de umemissor a ser decodificado por um receptor passivo.
Para BARKHTIN (1992:290), a concepção sociocognitivo-interacional de língua que privilegia os sujeitos e seus conhecimentos em processos de interação – é o texto em que o sentido não está lá, mas é construído, considerando-se, para tanto, as “sinalizações” textuais dadas pelo autor e os conhecimentos do leitor, que durante a leitura deve assumir umaatitude “responsiva ativa”. Ou seja, espera-se que o leitor tenha uma atitude critica em relação às idéias do autor. Desse leitor espera-se que processe, critique, contradiga ou avalie a informação que tem diante de si, que a desfrute ou rechace, que dê sentido e significado ao que lê (cf. SOLÉ, 2003:21).
É esse tipo de leitura que coloca o leitor e seus conhecimentos, como foco nodesenvolvimento no sentido, que coloca em discussão a importância da leitura na construção do senso crítico e dissertativo de uma sociedade.
Um bom exemplo disso é quando lemos um texto e fazemos hipóteses e antecipações sobre ele. Trata-se de uma estratégia de leitura, que o leitor usa para a construção do sentido do texto, por exemplo: Ao ler o titulo do texto o leitor ativo já levanta hipóteses do que setrata o texto – o que chamamos de “julgar o livro pela capa” – quando começa ler as situações criadas pelo autor o leva a antecipar o que pode acontecer nas próximas páginas, algo que pode ser confirmado ou rejeitado no decorrer do texto.
Segundo KOCH (2002), leitor ativo é aquele que estabelece relações entre seus conhecimentos anteriormente adquiridos e as novas informações contidas no...
tracking img