Resumo homem, cultura e sociedade

FACULDADE PITÁGORAS
FARMÁCIA
1 SARA MAIA

A História da Filosofia Antiga e a Formação do Pensamento Ocidental
Texto I Resumo
A tradição da filosofia atribui ao filosofo grego Pitágoras de Samos a criação dapalavra “filosofia”, que resulta da união de outras duas palavras: ”philia”, que significa ”amizade”, “amor fraterno” e respeito entre os iguais, e “sophia”, que significa “sabedoria”, ”conhecimento”. De “sophia” decorre a palavra “sophos”,que significa “sábio” ,”instruído”. Filosofia, portanto, significa amizade pela sabedoria, amor e respeito pelo saber.
Houve um longo processo para que acapacidade reflexiva do homem chegasse ao ponto de ser chamada de filosofia. E isso só aconteceu na Grécia nas colônias gregas da Ásia Menor com Tales na cidade de Mileto dai o primeiro filósofo grego ser conhecido Tales de Mileto. Este foi o primeiro a busca uma explicação para os fenômenos da natureza, usando a razão e não os mitos.
De acordo com vários autores, a filosofia e a busca peloconhecimento ultimo e primordial, tido como a sabedoria total.
A Filosofia Ocidental deu origem a todas as ciências (Psicologia, Antropologia, História, Química, Biologia, Astronomia e etc.). Esta divide-se em: Antiga, Patrística, Medieval, Da Renascença, Moderna, Do Iluminismo e Contemporânea. Sendo praticamente o ponto de partida de todo o conhecimento humano organizado.
A Filosofia não e empírica, ouseja, não faz experiências, já que a razão e a intuição são suas principais ferramentas.
Com a filosofia, os gregos instituíram para o ocidente europeu as bases e os princípios fundamentais do que chamamos razão, racionalidade, ciência, ética, politica, técnica, arte. Alias basta observamos que são gregas as palavras como: logica, técnica, ética, politica, monarquia, anarquia, democracia,física, dialogo, entre muitas outras, para percebemos a influencia decisiva e predominante da filosofia grega sobre a formação do pensamento e das instituições das sociedades ocidentais.
Filosofia grega, está dividida em quatro fases: Grécia Homérica, Grécia Arcaica, Grécia Clássica, Grécia Helenística. Entretanto o apogeu da filosofia aconteceu durante o auge da cultura e da sociedade gregas; portanto,durante a Grécia clássica. Os quatro grandes Períodos da filosofia grega nos quais seus conteúdos muda e se enriquecem são: Período Pré-Socrático, Período Socrático, Período Pós-Socrático e Período Helenístico.
Período Pré-Socrático
Também conhecido como período Cosmológico, seus pensadores eram de várias cidades ou colônias gregas, sendo nenhum deles de Atenas. A preocupação dos pensadoresdeste período era encontrar uma explicação racional e sistemática para o mundo.
Período Socrático
Característica geral do período socrático era a filosofia voltada para a definições das virtudes morais e das virtudes politicas, tendo como objetivo central e de suas investigações a moral e a politica. A confiança no pensamento ou no homem como ser racional, capaz de conhecer-se a si mesmo e,portanto, capaz de reflexão .
Esse período caracteriza-se pela pratica das Ciências são elas; Ciências Produtivas: estudam as práticas produtivas ou técnicas; Ciências Praticas: estudam as praticas humanas enquanto ações que tem nelas mesmas seu próprio fim; Ciências Teoréticas: estudam tudo que existe, independentemente dos homens e de suas ações.
Período Helenístico
Essa época da filosofia econstituída por grandes sistemas ou doutrinas, isto e, explicações totalizantes sobre natureza, o homem, as relações entre ambos e deles com a divindade. Predomina preocupações com a ética, a física, a teologia e a religião pois os filósofos já não podiam ocupar-se diretamente da politica.
Por fim, observamos que a filosofia, desenvolvida pelos gregos possibilitou um grande passo na busca da...
tracking img