Resumo guerra fria das imagens

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1519 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL – CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

Vlademir Heil Murilo Borges Ricardo Emmel Kerber

GUERRA FRIA DE IMAGENS

Santa Cruz do Sul, outubro de 2012

A ideia de imagem surgiu com objetivo de tanto o bloco capitalista (EUA), quanto o bloco comunista (URSS) de mostrar os aspectos positivos e qualidades de suas sociedades e omitir os aspectos negativos. O poder da imagemtornou-se questão estratégica durante o século XX, com o desenvolvimento de mídias de grande impacto como a fotografia, o cinema, o rádio e a televisão. Com o avanço da tecnologia, a reprodução e o alcance das comunicações passaram a abranger virtualmente todo o planeta. O apelo à imagens já começava a ser notada durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), e aflorou um espirito patriótico nosdois lados da luta, onde um dos principais recursos visuais a ser utilizado foi a reprodução de cartazes que pediam doações voluntárias de dinheiro, recursos e de horas de trabalho, visando o bem da pátria. A imagem se tornou fundamental, inclusive sendo essencial á máquina de guerra de Adolf Hitler onde mensagens publicitárias e filmes mostravam a superioridade Alemã, e multiplicavam as imagenscomparando judeus, comunistas e anti-nazistas a seres inferiores. O uso da imagem atingiu o auge na Guerra Fria, onde que ao invés de lançarem bombas e mísseis contra o adversário, eram apresentadas propagandas mensagens elaboradas cuidadosamente, com o objetivo de ganhar a simpatia do público, e convencer o outro lado de sua superioridade econômica e militar. Antes da criação da União Soviética,em 1922, onde foi idealizada uma sociedade igualitária para todos os homens, ou seja, acabaria a exploração do homem pelo homem e todos teriam direitos iguais com o Estado sendo proprietário das indústrias, de transportes e de bancos (Socialismo), a Rússia era um país praticamente todo rural, ou seja, muito atrasado na questão industrial. Por isto era necessário realizar uma revolução da tecnologiapara expandir a produção e gerar novos empregos. Para o socialismo ter sucesso era necessária a criação de uma imagem associando felicidade e produção industrial. Nos primeiros anos desta revolução, a indústria do cinema soviético já aparecia como um veículo de reforço dos ideais socialistas. Com isso a felicidade soviética era identificada ao igualitarismo, ou seja, iria dividir as riquezasproduzidas pela grande indústria na mesma proporção para todos.

A imagem que a União Soviética faria de si mesma seria moldada pelo Realismo Socialista, que dizia que os artistas deveriam buscar inspiração no folclore nacional e na vida simples do camponês e operário. O Realismo Socialista condenava a arte abstrata e alguns gêneros musicais que incorporavam sensualidade. A arte do RealismoSocialista tinha o objetivo de glorificar seu líder que era Josef Stalin e para isso foram criados inúmeros quadros, filmes e livros mostrando Stalin como um homem sábio e justo. A consequência principal do Realismo Socialista é que algumas manifestações artísticas foram banidas da União Soviética, como a arte abstrata, dadaísmo, surrealismo, arte pop, jazz e rock’n’roll. No lado capitalista, nos EstadosUnidos, as coisas tomaram um caminho diferente. Lá o ideal de felicidade não era relacionado ao igualitarismo, e sim a riqueza e bem-estar individual, onde as pessoas se preocupavam apenas com si próprio e com o resultado individual que era garantido pelo o consumo de bens que tornariam a vida melhor e mais prazerosa. Todos se preocupavam apenas com a satisfação pessoal, ou seja, queriam apenasfazer o que gostavam. Por exemplo, ter um automóvel era para o norte-americano um símbolo de felicidade material que lhes dava sentido a vida. Todos queriam ter um automóvel e isso aumentava a estima deles. Esse sentimento aflorou após a Primeira Guerra Mundial, onde que os Estados Unidos, após saírem vencedores, as indústrias começaram a trabalhar intensamente. Em 1920 9 milhões de carros já...
tracking img