Resumo Gilberto FREYRE

19/03 Aula 02
Gilberto Freyre – “Casa Grande & Senzala”

Gilberto freire – comparação entre negros no Brasil e negros nos EUA (estes sofrem mais que no Brasil).
Modernismo – movimento que buscamanter a tradição, movimento regionalista do nordeste.
Político – aliado a UDN, concorre a 1º eleição após o Estado Novo, defensor do golpe de 64 pois o Brasil estaria a mercê de um golpe russosoviético, depois critica o golpe pois ele não clama por um governo autoritário (oposição tímida) fica cada vez mais conservador
Cultura popular regional – exprimem valores nacionais – antimodernizador– busca manter as tradições nacionais
Nação – integração de classes divergentes voltados para um mesmo objetivo
30 – autor avaliado de maneira extremamente positiva visto como anti-racista
50 –visão invertida do autor – democracia racial – encobria o preconceito negro x branco – Escola paulista de sociologia muda a visão sobre o autor
80 – volta à visão positiva do autor, interpretaçãomais complexa sobre o autor.
Influências principais – Evans Boas – troca a ideia de raça por cultura; Zimel – não vê a sociedade como estruturas, analisa a relação entre os indivíduos, analisa asrelações do cotidiano, Gilberto analisa o estudo do cotidiano.
Fala contra: Oliveira Viana (critica pela razão social) Paulo Padro (brasileiros formados por 3 raças)
Gilberto Freire – portugueses jáseriam híbridos e pobres (visão divergente de Oliveira, portugueses ricos e brancos puros)
Espaço muito mais importante que o tempo, ambiente rural, relação entre casa grande e sezala, esses espaçosdefinem o tempo de analise dele (tempo espacial) - lugar onde nossa nacionalidade se funda (na família)
Casa grande & senzala – nordeste – pensa como um sistema (religião, família, vida social, política– onde estão todas as instituições estão – (microcosmo da sociedade brasileira – infra estrutura + super estrutura – microcosmo que forma a sociedade brasileira) sistema total que formaria...