Resumo economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (998 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Oferta e demanda

Oferta é a quantidade de um produto ou serviço disponível para compra. Demanda, por sua vez, é a quantidade de produtos ou serviços que os consumidores estão dispostos a comprar.Quando a demanda é maior do que a oferta, os preços dos produtos tendem a subir, já que os consumidores se dispõem a pagar mais para obter um determinado item. Por outro lado, quando a oferta é maiordo que a demanda, os preços tendem a cair.

estruturas de mercado

As diferentes estruturas de mercado estão condicionadas por três variáveis principais: número de firmas produtoras no mercado;diferenciação do produto; existência de barreiras à entrada de novas empresas. 

Concorrência perfeita

É um tipo de mercado em que há um grande número de vendedores (empresas) e de compradores, detal sorte que uma empresa, isoladamente, por ser insignificante, não afeta o nível da oferta (quantidade de bens ofertados), nem tampouco o preço de equilíbrio, que também não é alterado peloscompradores, que representam a demanda ou procura. Diz-se que é um mercado atomizado, pois é composto de um número expressivo de agentes, como se fossem átomos.
Nessas condições, os preços do mercadoformam-se perfeitamente segundo a correlação entre oferta e procura, sem interferência predominante de compradores ou vendedores isolados. Os capitais podem, então, circular livremente entre os vários ramose sectores, transferindo-se dos menos rentáveis para os mais rentáveis em cada conjuntura económica.
Esse tipo de mercado apresenta as seguintes características:
1. grande número de produtores edemandantes do produto
2. produtos homogéneos: não existe diferenciação entre os produtos oferecidos pelas empresas concorrentes.
3. não existem barreiras à entrada no mercado.
4.transparência do mercado: as informações sobre lucros, preços etc. são conhecidas por todos os participantes do mercado.
5. a não intervenção do Estado: o Estado não intervém, deixando o mercado...
tracking img