Resumo dos tres ensaios sobre a teoria da sexualidade de freud

Resumo do texto “Três Ensaios sobre a Teoria da Sexualidade” de Sigmund Freud.

O trabalho tem como objetivo ampliar o conceito de sexualidade, não restringindo apenas ao genital, e considerara sua importância em todas as atividades humanas, Freud tem interesse por esse tema a partir de observações clínicas, onde pode relacionar os fatores sexuais à etiologia das neuroses.
Iniciafalando da necessidade sexual humana, e compara a libido a uma “fome” sexual. Faz um estudo minucioso sobre os desvios em relação ao objeto e ao alvo sexual. Em relação a esses desvios, Freud diz que oobjeto não é fixo, ou seja, predefinido, há homens que tem atração por homens e mulheres por outras mulheres, citando assim o homossexualismo. A esse fato ele nomeia de “inversão”, e os classificam emtrês tipos: invertidos absolutos (objeto sexual só pode ser do mesmo sexo), anfígenos (o objeto sexual pode pertencer a ambos os sexos) e ocasionais (em função de condições extremas). Diz que essainversão pode ser aceita por alguns como algo natural, e por outros não, podendo aparecer em diferentes momentos da vida. Fala ainda sobre a bissexualidade, supondo que é um estado universal em todos osseres humanos, pois a pulsão não traz consigo o objeto.
Salienta que as perversões fazem parte da vida sexual normal, classificando-as como transgressões anatômicas (áreas do corpo que nãofazem parte do aparelho sexual, mas são utilizados no ato sexual, como lábios, boca, ânus), fetichismo e fixações de alvos sexuais transitórios. Denomina fetichismo quando, objetos sexuais normais sãosubstituídos por outro que tem certa relação com ele, mas que são totalmente impróprios para o ato sexual. Descreve ainda a pulsão escopofílica, em seguida o sadismo e o masoquismo e diz que ambosocupam na perversão um lugar especial, já que o contraste entre a atividade e a passividade são características da vida sexual.
A respeito das perversões ele conclui que as pulsões sofrem forças de...
tracking img