Resumo do livro " o que é arte" jorge coli

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (801 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O texto de “O que é arte” traz algumas discussões a cerca do que é arte, como é interpretada e como determinar o que é ou não arte. Jorge Coli em toda a sua narrativa vem trazendo a ideia da artedesde como é considerada nos grandes museus e por grandes críticos até as concepções de qualquer pessoa que possa ter acesso a uma obra de arte, ou algo assim considerado, e ter interpretações diversasque variarão desde chegar à conclusão que determinado objeto ou obra é arte ou mesmo o considerar inútil.
Um objeto não pode ser considerado mais arte que outro de acordo com a concepção dedeterminado crítico. Ao julgar uma arte o crítico se utiliza de concepções próprias e assim cria uma influência ao determinar o estilo de certo artista. Em se tratando de definição de estilos, eis um granderisco de a obra de arte ganhar uma rotulada restrição formal e lógica. O crítico atenta para o conhecimento do estilo do artista mesmo que esse estilo venha a ser alterado em constantes estilísticas como passar do tempo. Coli traz a noção de que a arte pode ser modificada ou mesmo alterada de acordo com o momento histórico em que esta inserida. O que hoje é arte pode amanhã não ser considerada, oumesmo o que hoje passa desapercebidamente aos olhos de críticos e não críticos posteriormente pode ganhar status de obra de arte e assim cria-se uma espécie de corrente artística que vai se moldando aomomento que pede cada nova inserção.
Em se tratando dos estilos de arte poética, musical e teatral, Coli menciona a perenidade artística de cada estilo. Determinada partitura pode ser o alicerce quemantêm a música constante e com poucas alterações, por exemplo. Já em se tratando da pintura, onde há um apego ao estilo e a consagração artística do autor, mesmo ela, sofre constantemente alteraçãoirreversíveis que modificam sua essência. O aparentemente inocente fato de restaurar uma obra pode vir a danificar e mesmo alterar a particularidade artística do autor da obra. Cabe ao crítico, que...
tracking img