Resumo do livro o futuro da natureza

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4245 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
.OFUTURO DA NATUREZAHUMANA DE JÜRGEN
HABERMAS:UMCOMENTÁRIO
Charles Feldhaus
Universidade Federal de Santa Catarina
No final último semestre do ano de 2004, foi publicada a tradução portuguesa do livro Die
Zukunft der menschlichen Natur de Jürgen Habermas com o títuloOfuturo da natureza humana1 .
Neste livro, o filósofo da Escola de Frankfurt e da ética do discurso se dedica a questõeséticas de
suma importância à sociedade contemporânea. O livro é composto de algumas conferências que
Habermas apresentou em 2000 e 2001 acrescidas de um Posfácio respondendo e esclarecendo a
posição defendida em sua conferência acerca da eugenia liberal.Olivro contém também outras duas
conferências menores.
A primeira conferência – Moderação justificada. Existem respostas pós-metafísicas para
aquestão sobre a ‘vida correta’? – discute, partindo da distinção entre a teoria kantiana da justiça e
a ética do ser si mesmo de Kierkegaard, a necessidade da filosofia adotar uma posição moderada no
que diz respeito às questões substantivas acerca do que consisteumavida boa, correta ou não fracassada.
Afilosofia hoje não consiste, como já foi um dia, num conjunto de conselhos práticos acerca
doque seria uma vida boa e feliz. A filosofia fica restrita às questões de justiça e moral e passa a
analisar apenas as propriedades formais dos processos de tomada de decisão moral e jurídica sem
opinar sobre os conteúdos das formas de vida ética. Não é por acaso que John Rawls e o próprio
Jürgen Habermas adotem uma posição procedimentalista de justiça. Em grande parte, a adoção da
perspectivaprocedimentalista não é uma opção, mas sim, quase uma imposição, após a derrocada das
respostas metafísicas às questões éticas, morais e de justiça.
Afim de discutir a questão da vida boa ou correta, Habermas retoma Kierkegaard, segundo
Habermas, o primeiro a ter respondido a questão ética fundamental comumconceito pós-metafísico.
O conceito de ‘poder ser si mesmo’. A discussão habermasianaconclui que, embora Kierkegaard
tente oferecer uma resposta pós-metafísica a questão ética fundamental, de modo algum consegue
oferecer uma resposta pós-religiosa. A referência a Deus apresenta-se como indispensável ao
existencialista. Uma autocompreensão religiosa parece ser necessária a uma consciência moral pósconvencional.
No fundo, Kierkegaard esboça uma tentativa de superar Kant eSócrates à luz da
fenomenologia psicológica. Enfim, para Kierkegaard o ‘ser si mesmo’ se converte no padrão de forma
de vida correta. Ao mesmo tempo, o acesso ao conceito divino está negado pela via eminentiae et
via negationis.O abismo entre fé e saber não pode ser superado pela sapientiae dos seres finitos.
Habermas, então, parece conectar o resultado da discussão acerca da vida correta com asituação ética após o giro lingüístico wittgensteiniano.Asaber, podemos alcançar apenas mediante a
linguagem, uma resposta acerca do que é uma vida boa ou correta.Alinguagemé o único médium. E
FELDHAUS, C. O Futuro da Natureza Humana de Jürgen Habermas: Um comentário
ethic@, Florianópolis, v.4, n.3, p.309-319, Dez 2005.
310
a linguagem é eminentemente pública assim como o acordo acerca da vida boadeve ser obtido.
Porém, Habermas de certa forma assume a posição de Kierkegaard da necessidade de considerar as
respostas religiosas, no que diz respeito à vida boa ou correta, pois, Habermas defende que a posição
religiosa que se sentirem ofendidas deve ter direito à voz no debate.
É importante ressaltar que Habermas parece estar sugerindo que a integração da perspectiva
religiosa ao debatepúblico toma lugar não numa ética privada e individual, mas sim, numa ética da
espécie. No caso da ética do indivíduo, num contexto de pensamento pós-metafísico a moderação da
filosofia diante de respostas substanciais é justificada. No entanto, a moderação quanto à vida correta
tem seu limite, segundo Habermas, quanto discutimos questões que dizem respeito à ética da espécie.
Pois, neste...
tracking img