Resumo do livro a criminalidade comparada

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1485 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI – URCA
Disciplina: Antropologia
Professor: Magnus Galeno
Acadêmica: Krite Menezes

Resumo do Livro: A criminalidade Comparada. TARDE, Gabriel.
Obra baseada na 8ª edição francesa de 1924, com notas e comentários.

Crato-CE
2000
Jean-Gabriel de Tarde, ou simplesmente, Gabriel Tarde, foi um criminologista francês. Começou sua carreira de investigação na Criminologiapublicando vários artigos, nos quais entra em polêmica com o criminologista italiano Cesar Lombroso.
A Criminalidade Comparada uma das obras de grande repercussão de Tarde, é fruto de uma discussão acerca dos temas que envolvem os inícios do estudo da Criminologia na época, principalmente a teoria do tipo criminal de autoria do já referido Lombroso. O qual em seu livro O Homem Delinquente, faz umaalusão sobre as características presentes nos delinquentes, desta forma tenta demonstrar o perfil comum pertencente àqueles que cometem delitos. Também sugere que existem pessoas que nascem predestinadas ao crime e que estas se diferenciam das pessoas chamadas de honestas, estes criminosos natos poderiam ser reconhecidos através de suas características físicas e psíquicas, está muito presente noslivros de ambos o uso da frenologia, teoria que reivindica ser capaz de determinar o caráter, características da personalidade, e o grau de criminalidade pela forma da cabeça. Dando grande valor as formações cranianas classificando em: fosseta occipital, braquicéfalo, plagiocéfalo, e examinou as deformidades fisionômicas como o tamanho das orelhas, mandíbulas.
Para Lombroso, que usava o métodoorgânico para classificar os criminosos, os delinquentes se distinguiam dos “honestos” quanto ao peso, tamanho estatal, tamanho e forma do crânio, características peculiares da face como o olhar opaco, frio, fixo (assassino); inquieto, oblíquo, errante (ladrão) a força, insensibilidade. Tal insensibilidade leva Lombroso a comparar os delinquentes com os selvagens.
Gabriel Tarde alfineta indagandode que serviria essa descrição anatômica, física e moral, de homicidas e malfeitores tão minuciosa? No entanto, reconhece que essa pesquisa pode ser útil no campo da medicina, e talvez no que tange ao esclarecimento de algumas questões sociológicas como o aumento acentuado dos crimes. Diz ainda, que se o criminoso pode lembrar o selvagem, o bárbaro ou o semicivilizado, tal similitude aliás, curiosanão contribui de modo nenhum para explicar porque ele é criminoso.
Outra observação feita por Lombroso que Tarde pondera, é que o criminoso, seja homem ou mulher, é muito mais frequentemente moreno que louro, é muito cabeludo e tem pouca barba, quase nunca tem o nariz “perfeito” contrastando assim com o tipo ideal de Hegel, que atribui à forma do nariz para explicar a beleza do perfil grego,portanto a bela cabeça clássica forma um perfeito contraste com a do criminoso, cuja feiura é bastante pronunciada.
Analisando as tatuagens, Lombroso identificou que a precocidade de quem as faz é frequente naqueles que causam delitos: as tatuagem não se observa, na França, antes dos dezesseis anos em pessoas normais. Entretanto encontramos tatuados a partir de 5 até 20 anos; entre 378 criminosos,havia 95 tatuados nessa faixa etária. Com base nesses dados, a preferencia por tatuagens pode contribuir a Medicina Legal na distinção entre um delinquente e um demente, embora tenham em comum a forçada reclusão.
A sensibilidade, como já dito, é inexistente ou menos frequente entre os delinquentes do que entre as pessoas “normais” outra sensibilidade ausente seria a da afetividade, para eles ver umanimal, ou até outro ser humano agonizando não lhes traz nenhum mal estar, não sentem remorso ou dor. Assim percebemos o grande egoísmo existente entre os delinquentes, como também a insensibilidade moral demonstra a crueldade que existe neles.
Expostas tais características anatômicas é igualmente importante que nos atentemos também aos caracteres fisiológicos e patológicos, e a utilidade dessa...
tracking img