Resumo do livro sexto do espirito das leis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (597 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Livro Sexto

Consequências dos princípios dos diversos governos em relação à simplicidade das leis civis e criminais a forma de julgamento e ao estabelecimento das penas (p.85-107).

O capituloinicia falando das leis cíveis que nos governos da monarquia não tem leis tão simples quanto os despótico.Há necessidade de tribunais nos quais onde são julgados e tomadas as decisões as quais tem que ser estudadas para serem usadas como modelos para seremaplicada em outros julgamentos. Na monarquia eadministrado uma justiça que afeta a vida, os bens, e a honra, por isso é feita uma pesquisa cuidadosa. Os juízes muitas vezes te medo de erra quando tem uma grande responsabilidade onde a maiores interesses.Assim não e de se admirar se encontram leis, emendas, regras que retratem os valores dos juízesAs classes sócias estabelecida pela monarquia estão sujeitas ajulgamento diferentes em relação a seus bens. As grandes dificuldades doscidadãos em conseguir restituição de bens ou obter a satisfação por um ultraje, isso é devido à relação que esse cidadão tem com a liberdade e coma segurançaAssim cada um é julgado de acordo com seus bens cabe a cada um obedecer. Nos governos de feudo eles tinham que...
tracking img