Resumo do livro por que arte educação?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1018 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo do livro Por que Arte-Educação?
De: João Francisco Duarte Jr.

Ao iniciar o livro o autor escreve uma frase de Rubens Alves:
“O sentindo da vida é um sentimento”.
Como cita o texto acima uma obra de arte tem que significar algo n0os tocar a alma os sentimentos dando um sentindo que expomos nossos pensamentos, nossas formas, de ver o mundo...

I. Iniciando.
As aulas de artesempre estiveram presentes no currículo escolar, mas nem sempre teve o verdadeiro significado, as aulas de arte eram consideradas aula de lazer onde se trabalhava apenas desenhos, e muitas vezes as aulas era vista como bagunça; Mas afinal será que as aulas de arte é algo a mais que um simples lazer?
II. Adestramento e aprendizagem.
O autor descreve como animais através de experimentos, se adaptama novas situações para manter a vida e desta forma, nos conduz a pensar sobre situações diárias que nos leva as adaptações para desenvolvermos algumas habilidades que futuramente serão necessárias para auxiliar as tarefas de como sobreviver e garantir a vida. O modelo de aprendizagem do homem vai além dos comandos e se estabelece na dimensão simbólica através da palavra, com sua consciênciareflexiva e sua capacidade simbólica, transforma, modifica e até constrói o mundo. A dois fatores essenciais no conhecimento da aprendizagem humana: as vivências (o que é sentindo) e as simbolizações (o que é pensado). Através das palavras procuramos dar um significado ao que vivemos e sentimos. A arte é assim nela exprimimos e imprimimos questões, reflexões, dando um sentindo a existência.
III. Aeducação no contexto cultural.
O simbolismo de palavras para designar pensamentos surgiu com a necessidade de comunicação da sociedade e aprendida através da socialização e educação de cada cultura, nelas estão inseridas como falar, vestir, comer, escrever, valores, religião entre outros. Adquirimos uma personalidade cultural e dentro desta cultura que o individuo vê sente e interpreta o mundo.Nas tribos indígenas, por exemplo, os saberes são passados dos mais velhos para os jovens, a um saber comum a todos, nas culturas primitivas a educação se dá com a experiência.
Já no nosso mundo dito “civilizado”, temos varias culturas no mesmo ambiente as chamadas subculturas, ou podemos dividir essa sociedade em classes sociais, na civilização separam-se as emoções e as experiências da razão edo pensamento.
No decorrer do processo civilizatório operam-se profundas e radicais transformações, o conhecimento foi se ampliando e surgiram à necessidade de criar especialistas, pessoas que dominassem determinados ramos do conhecimento profissionais.
Surgiu então a figura da escola um local onde os jovens vão aprender conhecimentos práticos do ofício, pois sua finalidade é preparar mão de obrapara a sociedade cultural, ler e escrever e o conseqüente domínio teórico sobre o mundo eram privilégio das classes dominante.
A escola transmite conceitos desvinculados da vida concreta dos educandos, impondo a visão de mundo das classes dominantes.
IV. Linguagem e arte
O homem se agrupou em sociedade para viver e sobreviver, de forma elegem o que desejam mudando suas realidades passadas,linguagem refletida nas artes,ela é um fenômeno presente em todas as culturas .A linguagem fragmenta o nosso sentir e lhe atribui significados, mas não consegue expressa-lo .
Os conceitos lingüísticos,no entanto ,são incapazes de exprimir de descrever os sentimentos, somente a arte consegue fazê-lo, quando vimos uma obra de arte encontramos a expressão do artista, interpretado por cada um a suamaneira.
A arte da formas de concretizar, o mundo dinâmico do “sentir” humano.
O mundo da arte é o mundo das criações e criamos exatas, humanas e biológicas então tudo é mundo da arte de se criar, termos escritos, verbais e não verbais que exprimem e expressão algo em nós mesmo e depois compartilhamos tornando sociáveis.
V. O artista e o espectador.
O ato de criação é um ato de rebeldia,...
tracking img