Resumo do livro manifesto do partido comunista

O Manifesto do Partido Comunista teve como autor Karl Marx e Friedrich Engels, teve sua primeira edição no ano de 1848, em Londres.
A proposta do livro refere-se à unificação do pensamento doproletariado (que eram compostos por camponeses, artesãos e operários) a se reposicionarem no contexto mundial, esse objetivo é traçado logo no primeiro prefácio onde é informado que a presente obrateve, em alemão pelo menos doze edições diferentes (Alemanha, Inglaterra e America do Norte), três traduções para inglês e tantas outras em Francês, Russo, Polaco e Dinamarquês. O livro esta dividido emquatro capítulos: Burgueses e Proletários; Proletários e Comunistas; Literatura Socialista e Comunista e Posição dos Comunistas Diante dos Diversos Partidos de Oposição.
Este livro serviu como basepara importantes revoluções socialistas, propondo a união dos trabalhadores, em toda parte do mundo, em torno de um ideal de igualdade, contra a opressão e por uma vida plena.
Para Marx e Engels asociedade capitalista divide-se em classes: de um lado proprietários, latifundiários e burgueses, que detém os meios de produção; do outro lado os trabalhadores e camponeses, que só possuem capacidadede trabalho para vender em troca de salário. Este segundo grupo é explorado pelo primeiro. Para Marx e Engels há uma luta entre os dois pólos da sociedade, uma luta de classes, o conflito ea luta declasses são inevitáveis nas sociedades capitalistas, porque os interesses de trabalhadores e dos capitalistas que são donos dos meios de produção são totalmente diferentes. A mudança das regras dassociedades capitalistas, segundo Marx, deveria partir dos operários das fábricas, que organizados fariam uma revolução socialista, a luta entre as classes de trabalhadores contra proprietáriosdefiniria as transformações que deveriam ocorrer.
Quando as desigualdades sociais fossem suprimidas e a riqueza nacional, produzida coletivamente, fosse capaz de garantir condições dignas de vida a toda...
tracking img