Resumo do filme germinal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1713 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto de Educação Superior e Capacitação Profissional Nação Santa



Graduação em Administração
Gestão em Recursos Humanos




Resumo baseado no filme "GERMINAL"





Vânia Teixeira do Nascimento dos SantosRio de Janeiro,Julho de 2012.







O filme Germinal relata um momento de grande conflito na história da França,quando
homens trabalhavam em minas de carvão e após anos de exploração,começaram a
reivindicar por melhores condições de trabalho e de salário. O autor insere no filme
vários debates interessantes, como conceitos capitalistas e comunistas, debates
sobrevalores da família x trabalho, filhos como fonte de renda e de trabalho.
Podem ser observadas também algumas situações de negociação e barganha em
situações de conflito.

Tratava-se também de grandes desigualdades sociais,já que os donos das minas,
abastados e sobretudo muito ricos,desfrutavam de todo o conforto e sofisticação
com moradia confortável,refeições requintadas,ofereciam à seusconvidados
banquetes luxuosos,com muita fartura e etc., já o proletariado lutava com bastante
dificuldade para ter o mínimo e mesmo assim não conseguiam saciar a fome,
já que mal tinham o que comer e nem mesmo atender a suas necessidades básicas!

O que prevalecia na época era a dominância de uma classe sobre a outra.

A cidadania ameaçada pelas relações de produção fizeram com que umgrupo de
trabalhadores não mais aceitasse passar necessidades e privações por falta de igualdade.
Mesmo com toda a luta e reclamação,a burguesia sempre dominando os assalariados,
que por sinal recebiam muito mal,tão pouco que mesmo com o salário de miséria,
ainda descontavam dos trabalhadores pelas escoras mal colocadas e até mesmo pelas
reinvindicações de aumento.
Os ricos e donos deminas,viviam das regalias do trabalho escravo dos mais fracos.
Não muito diferente do que é apresentado em nossos dias atuais,pois nosso salário
minímo,muitas vezes mal dá para sustentar uma família,que tem que pagar aluguel,
as contas básicas e comer. No filme,as pessoas tinham a casa da Companhia mas,
para viver nelas, tinham que pagar aluguel e a comida era muito cara e acabavamcontraindo dívidas nas mercearias e dívidas impagáveis.
Os senhores eram proprietários da força de trabalho dos escravos, dos meios de produção
(terras, pão, minas, instrumentos de produção) e do produto do trabalho.

O trabalhador não era obrigado a ficar sempre na mesma terra ou na mesma situação:
“Ele era livre” para não trabalhar,mas na prática precisavam trabalhar para não morrer defome.
Postulavam a primazia da razão sobre o sentimento, fato esse percebido nas relações
amorosas. A mulher era símbolo de prazer e não de amor. Situações de venda, trocas
colocava-a igual ou menor a mercadoria e as crianças também,à partir dos oito anos de
idade,já começavam a trabalhar garantindo mais um salário e ajudar no sustento da família.

A luta dos trabalhadores mineiros foi omarco inicial para aquisição de uma política de
igualdade social. Com o acúmulo de necessidades de mudança para o trabalhador,
pois este era desprotegido perante o empregador,começam a formarem grupos,
dentro de um critério de auto defesa e luta de ideais.
O principal ataque dos trabalhadores era a realização da greve,pois sem a extração do
carvão, os patrões teriam que acolher as suasreivindicações, sendo que o lucro cessaria e
viria a surgir o prejuízo. Os trabalhadores se uniram e formaram uma fundo de reserva,
onde depositavam todo o mês,uma quantia considerável, para garantir o seu sustento,
durante a greve.

Já no início da paralisação,as associações de trabalhadores explanam todos os seus
objetivos que possuem adquirir com esta greve mas,ocorre uma grande...
tracking img