Resumo do filme adv:do diabo.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1994 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
do do Diabo, uma reflexão.
Enviado por Santareno em 19/07/2006 (34985 acessos)


O filme conta a história de Kevin Lomax (Reeves), um jovem e bem sucedido advogado do interior da Florida, que nunca perdeu um caso. Não importa que tipo de crime ou culpa, Lomax tem o poder de seduzir o júri que se rende aos seus argumentos e absorve seus clientes.Durante um julgamento fica claro para Lomax queseu cliente é culpado de molestar crianças. Entretanto ao invés de enfrentar seu drama de consciência ele se rende ao impulso de continuar como vencedor e de forma brilhante consegue virar o jogo, inocentando o acusado.


Seu triunfo atrai a atenção de Johm Milton (Pacino) o carismático dono de uma poderosa empresa em Nova York. Lomax é convidado para trabalhar no departamento jurídico(criminal) da Milton, Chadwick Water com um alto salário e muitos benefícios. Apesar da objeção de sua mãe Lomax se muda para Nova York com sua esposa Mary Ann (Theron). Ali ele encontra o poderoso e brilhante fundador e dono desta misteriosa empresa com interesses e clientes em todo o mundo.

Lomax é seduzido pelo imponente apartamento, as lindas mulheres e homens poderosos que trabalham naquelaempresa e logo se destaca defendendo nas cortes. Mary Ann está fascinada
com seu novo e oportuno estilo de vida, em meio aos ricos e famosos da cidade.

Oprimida por visões e manifestações demoníacas, Mary Ann mergulha na insanidade enquanto Lomax segue sua carreira enfrentando um novo desafio ao defender um mega incorporador acusado de três assassinatos. A visão damorte de um dos diretores daempresa e outras aparições demoníacas acabam levando Mary Ann ao suicídio. Lomax descobre então que Milton é seu pai.Sua mãe havia sido seduzida por ele durante um congresso evangélico em NewYork.

No confronto final, Milton quer que Lomax possua a linda Christabelle, também sua filha, para que o anti-cristo seja gerado. Premido por sua consciência e sem saída Lomax atira contra sua própria cabeça.Hollywood nos surpreende, pois além de um filme excepcional do ponto de vista cinematográfico: elenco, direção, efeitos especiais e cenário; é um filme de grande impacto com uma mensagem espiritual e teológica que nos leva a pensar e a refletir.

O filme nos desperta para uma reflexão sobre o mundo espiritual, a natureza da tentação, o confronto entre o bem e o mal, a ambição, o poder, omaterialismo. É um retrato do mundo em que vivemos neste final de milênio e aborda temas diversos como globalização, corrupção, ocultismo, incesto, religião, ambição, negócios ilícitos, etc.

A responsabilidade humana
O tema da responsabilidade humana diante do mal é muito bem mostra no filme. Quando finalmente Lomax se dá conta no que está envolvido ele parte para cima de Milton para tentar matá-lo,culpando-o do suicídio de Mary Ann.

Ouvimos, então, um extraordinário discurso de Milton, apontando para o fato de que ele havia tentado dissuadir Lomax de continuar sempre ganhando,ao contrário o tinha aconselhado a cuidar de sua esposa. Acusa Deus de ausente e desmancha-prazer e diante de um Lomax atônito ele afirma que é um humanista, sempre está do lado dos homens. Quanto à acusações deresponsável ele diz que não faz as coisas acontecerem, mas simplesmente monta o palco.


"A vaidade é o meu pecado favorito"
O filme revela a estratégia de satanás: controlar estruturas econômicas, políticas e jurídicas. Ele faz isto enredando homens que por causa de sua vaidade pessoal são atraídos a esquemas ilícitos. Na sua busca de poder,dinheiro e sexo o homem vai anestesiando gradativamentesua consciência edestruindo sua família.
Em duas ocasiões somos surpreendidos por esta fala de Milton: - "a vaidade é o meu pecado favorito".

De todas as fraquezas humanas a vaidade é que ele melhor conhece e mais explora.

A vaidade é filha do orgulho que é a raiz de todos os pecados. Orgulho é essencialmente destronar Deus do coração e colocar o "eu" no seu lugar. É o próprio pecado de...
tracking img