RESUMO Declara O De Salamanca

RESUMO: DECLARAÇÃO DE SALAMANCA - Sobre Princípios, Políticas e Práticas na Área das Necessidades Educativas Especiais
A Declaração de Salamanca representa um marco significativo e atual nahistória da educação. Ela apresenta um modelo de enquadramento da ação, baseado nos parâmetros de uma educação inclusiva, no âmbito das Necessidades Educativas Especiais.
Resultante da necessidade eurgência de garantir a educação para as crianças, jovens e adultos com NEE no quadro do sistema regular de educação, pretendeu-se, na Conferência Mundial sobre NEE, sancionar o Enquadramento da Ação na Áreadas NEE para que pudesse ser seguido futuramente por governos e organizações. Neste contexto, foram reafirmados os seguintes aspectos: o direito à educação de todos os indivíduos; a igualdade deoportunidades para as pessoas com deficiência e; a promoção do acesso à educação para a maioria das pessoas que apresentam NEE e que ainda não foram por ela abrangidos.
De acordo com a Declaração deSalamanca, as escolas inclusivas devem: incluir todas as crianças, independentemente das diferenças ou dificuldades individuais, exceto em casos justificados; proporcionar programas educativos tendo em vistaa vasta diversidade das características e necessidades de cada criança, adotar uma pedagogia centrada na criança, capaz de ir ao encontro das suas necessidades, combater as atitudes discriminatórias,contribuir para a criação de comunidades abertas e solidárias, contribuir para a construção de uma sociedade inclusiva onde a educação seja para todos, proporcionar uma educação adequada à maioriadas crianças e promover a eficiência, numa ótima relação custo-qualidade, de todo o sistema educativo. “As escolas inclusivas devem ajustar-se a todas as crianças, independentemente das suas condiçõesfísicas, sociais, linguísticas ou outras”, onde se incluem: “(…) crianças com deficiência ou sobre dotadas, crianças de rua ou crianças que trabalham crianças de populações remotas ou nómadas,...
tracking img