Resumo de uma palestra sobre teoria fenomenológica de carl rogers

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (847 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
"Ser empático é ver o mundo com os olhos do outro 
e não ver o nosso mundo refletido nos olhos dele"

Carl Rogers

No último domingo participei da palestra "A Revolução na Psicoterapia eEducação: Carl Rogers, sua vida, sua obra, suas visitas ao Brasil" com o psicólogo e palestrante Eduardo Bandeira, palestra que idealizada no semestre passado e possibilitada graças ao esforço da Profª Samanta(à direita na foto acima).

Foi uma experiência inesquecível e transformadora para mim (e acredito que para todos os presentes também).

Eduardo Bandeira foi a pessoa responsável pela vinda deCarl Rogers ao Brasil, e portanto, uma fonte importantíssima de influência para a Psicologia Humanista e seu desenvolvimento em nosso país.

A palestra teve uma dinâmica bastante intimista, na qual opalestrante partindo de um relato de suas experiência pessoais foi recheando os conteúdos com histórias e elementos de fundamentação conceitual da Abordagem Centrada na Pessoa (ACP), e pode com issonos traçar um mapa de entendimento que aprofundou nossos conceitos sobre essa importante matriz da Psicologia.

Chamou a atenção algumas relações de influência que Eduardo comentou entre Rogers eWilliam James, e também entre Rogers e Jung. Quando falando de James ele comentou um pouco sobre a influência do Pragmatismo deste no trabalho de Rogers, e pude anotar uma frase comentada por ele quereflete um princípio de James que influenciou Rogers: "Para o pragmatismo de William James a verdade é definida como aquilo que funciona", e de certa forma Rogers foi pragmático em sua atuação na ACP.Outro comentário de impacto que ficou marcado para mim foi a citação de Ortega y Gasset: "A clareza é a gentileza do Filósofo", sendo esta colocada no contexto de que o aprofundamento edesenvolvimento de uma ideia ou teoria leva muitas vezes a um jargão próprio que não é facilmente compreendido pelo leigo, e que aquele desenvolvendo essa nova área pode colocar seus saberes em um linguajar...
tracking img