Resumo de teoria estruturalista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (464 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TEORIA ESTRUTURALISTA


A Teoria Estruturalista surgiu por volta da década de 50, como um desdobramento dos autores voltados para a Teoria da Burocracia que tentaram conciliar as teses propostaspela Teoria Clássica e pela Teoria das Relações Humanas. Os autores estruturalistas procuram inter-relacionar as organizações com o seu ambiente externo, que é a sociedade maior, ou seja, a sociedadede organizações, caracterizada pela interdependência entre as organizações.

As origens da Teoria Estruturalista da Administração foram as seguintes:

1) Oposição surgida entre a Teoria Tradicionale a Teoria das Relações Humanas;
2) A necessidade de visualizar “a organização como uma unidade social grande e complexa, onde interagem os grupos sociais”;
3) A influencia do estruturalismo nasciências sociais e sua repercursão no estudo das organizações.
4) Novo conceito de estrutura.

AS CARACTERÍSTICAS DA TEORIA ESTRUTURALISTA
Enquanto a Teoria Clássica caracteriza o "homo economicus" ea Teoria das Relações Humanas "o homem social", a Teoria Estruturalista focaliza o "homem organizacional", a pessoa que desempenha diferentes papéis em várias organizações. O homem organizacional,para ser bem-sucedido em todas as organizações, precisa ter as seguintes características de personalidade:
• Flexibilidade, em face das constantes mudanças que ocorrem na vida moderna e da diversidadede papéis desempenhados nas organizações.
• Tolerância às frustrações para evitar o desgaste emocional decorrente do conflito entre necessidades organizacionais e necessidades individuais, cujamediação é feita através de normas racionais, escritas e exaustivas.
• Capacidade de adiar as recompensas e poder de compensar o trabalho rotineiro na organização em detrimento de preferências pessoais.
•Permanente desejo de realização para garantir cooperação e conformidade com as normas organizacionais para obter recompensas sociais e materiais.

AS CRÍTICAS À TEORIA ESTRUTURALISTA

1)...
tracking img