Resumo de metodologia do trabalho científico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1424 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
JOZENIAS GOMES – Mat. 200828740
tRabalho sobre metodologia do trabalho científico resumo
Resumo do primeiro capítulo do livro Metodologia do Trabalho Científico Teoria e Prática da Professora Dinalva Melo com vistas à evolução do conhecimento em Trabalhos Acadêmicos, apresentado ao Prof. Fabiano Mesquita, Turma ADS-12, do Curso deTecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas da FATENE - SUDEP.
Faculdade de Tecnologia do Nordeste
Fortaleza, Ce. — Março de 2012

O livro: Metodologia do trabalho cientifico, teoria e pratica, da Professora Dinalva Melo do Nascimento é um livro bastante conceituado no meio acadêmico por contemplar de forma bem didática, todo o conteúdo necessário para disciplina de MTC, dividido em quatrocapítulos com subdivisões dos mesmos.
O primeiro capítulo, no qual este resumo deve se ater, traz como título, Da filosofia à metodologia, dividido em subtítulos que detalham o assunto abordado.
1.1 A busca do conhecimento – O homem, ser capaz de reter suas experiências usa tal capacidade, diferenciando dos demais seres, gerando conhecimentos a partir de questionamentos a cerca do que lhe éperceptível, assim, fica clara a possibilidade de o homem adquirir conhecimentos porquanto pode aprender a pesquisar.
Sobre a possibilidade do conhecimento humano há três teorias:
- Dogmatismo
- Ceticismo
- Relativismo
O homem determina a existência das coisas e seu possível conhecimento de acordo com os acontecimentos históricos e suas conveniências pessoais assim como o predomínio da razão.O empirismo posiciona-se como relevante para a efetivação da ciência moderna que brota. A razão vem para organizar os dados adquiridos através dos sentidos. Já o apriorismo e o intelectualismo vêm conciliar o racionalismo e o empirismo que se digladiam.

1.2. As diversas formas de expressão do conhecimento – De todos os seres o homem se destaca como o único a produzir experiências que permitemacumular dados, compreender e interpretar o mundo ao seu redor.
Estas interpretações são classificas como:

- Conhecimento vulgar;
- Conhecimento religioso;
- Conhecimento filosófico;
- Conhecimento científico;
* Conhecimento vulgar: Vindo do cotidiano do povo, sem metodologia e sem rigor.
* Conhecimento religioso: Advindo da fé, baseado em dogmas e ritualismos. Tal conhecimentotem suas verdades como absolutas e irrefutáveis.
* Conhecimento filosófico: formulado por juízos de realidade e de valor obtidos através das leis gerais do ser.
* Conhecimento Científico: É declarado após estudo sistemático e metódico, exige demonstrações e submete-se a árdua comprovação.

Segundo BUNGE as ciências se dividem em:.
- Formais: Que têm objetivo de sintetizar e explicar osfatos e princípios descobertos sobre o universo e seus habitantes. Ex: Lógica e Matemática
- Factuais: Que utilizam fatos e princípios científicos em benefício da relação humana. Ex. Ciências naturais e Ciências sociais.

1.3. Da filosofia para a ciência: em busca de uma base epistemológica - Na tentativa de construir conhecimento verdadeiro foram geradas com o passar do tempo, concepçõesfilosóficas e científicas.
- Os mitos: caracterizados pela falta de consistência lógica racional mas, que tiveram grande relevância para explicação das questões.
- A filosofia: nasce no desejo do homem de obter respostas mais completas e definitivas.
- Ciências: surgiu não apenas para se firmar como única capaz de produzir conhecimento verdadeiro, mas com intenção de inovar os modos de obtê-lo.
-Silogismo: forma de raciocínio dedutiva.
Vertente racionalista de caracterizar as ciências como dedutivas não cabendo mais, neste momento histórico de base indutivista, supor que entre a metafisica e a ciência o divisor de águas era apenas a profundidade da investigação como dizia Descartes.

Na antiga forma de busca pelo saber, o critério aceito era o da autoridade. Se o que foi dito...
tracking img