Resumo Da Hist Ria Da Riqueza Do Homem I Robson

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 34 (8372 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 17 de abril de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo da História da Riqueza do Homem

Na Idade Média a sociedade Feudal era formada por três classes: Sacerdotes, Guerreiros e Trabalhadores, sendo que o homem que trabalhava produzia para as outras duas classes.
A maioria das terras agrícolas da Europa Ocidental e Central estava divida em áreas conhecidas como Feudos, que consistia de uma aldeia e centenas de acres de terra arável que o povoda aldeia trabalhava.
Cada propriedade feudal tinha um “Senhor” que vivia em uma casa sempre fortificada com sua família, e funcionários que administravam sua propriedade. A maior parte das terras pertencia ao Senhor a outra parte ficava em poder dos arrendatários, que trabalhavam na terra.
As características do sistema feudal eram que a terra arável era dividida em duas partes uma pertencia aoSenhor era cultivada apenas para ele, a outra parte era dividida entre muitos arrendatários. Que trabalhavam nas terras que arrendavam e também na propriedade do senhor. Eles dependiam dos senhores, e estes acreditavam que os camponeses existiam para servi-los.
O camponês trabalhava arduamente, conseguia arrancar do solo apenas o suficiente para uma vida miserável. E em alguns dias da semana tinhaque trabalhar a terra do Senhor sem pagamento algum.
Os vilãos eram servos com maiores privilégios e menores deveres com o Senhor, eles realizavam tarefas de cultivo, outros não desempenhavam qualquer tarefa, mas pagavam ao Senhor uma parcela de sua produção, eles também podiam alugar uma parte da propriedade do Senhor além dos seus próprios arrendamentos.
O Costume do Feudo significava que alegislação do governo de uma cidade ou condado significa nos dias de hoje.
Hoje em dia chamamos um homem de rico pelos bens que possui. Mas no período Feudal, a terra produzia as mercadorias que necessitava assim a metida da riqueza era determinada por um único fator: a quantidade de terra. Por esse motivo havia muita disputa, o período feudal foi um período de guerra. Para vencer as guerras aliciavamo máximo de pessoas possíveis depois lhe concediam terra como pagamento ou promessa de auxilio quando precisassem.
A igreja era parte e membro do sistema feudal foi a maior proprietária de terras nesse período, isso se deu porque os homens com a consciência pesada pela vida que levavam tinham o desejo da vida eterna ao lado de Deus por isso doavam terras à igreja. Por esse e outros motivos àigreja aumentava cada vez mais suas terras, até que se tornou proprietária de um terço e metade de todas as terras da Europa ocidental.
No Feudalismo a Igreja foi um elemento dinâmico e progressista. Incentivou o ensino, fundou escolas. Ajudaram os pobres, orfanatos e construiu hospitais. Uma das razões por que se proibia o casamento aos padres era porque os chefes da Igreja não queriam perder nenhumaterra mediante a herança para os filhos de seus funcionários.
O clero e a nobreza constituíam as classes governantes. Controlavam terra e o poder que delas provinha. A igreja prestava ajuda espiritual, enquanto a nobreza, proteção militar.
No início da idade média poucos tinham capital para aplicar. A igreja tinha seus cofres cheio de ouro e prata que guardavam para comprar enfeites para osaltares. Possuíam grande fortuna, mas era capital estático quase sem movimentação.
Toda alimentação e vestuário que o povo precisava eram obtido no Feudo. Na sociedade feudal, a vida econômica decorria sem muita utilização do capital. Era uma economia de consumo, cada aldeia feudal era quase sempre auto-suficiente. O estado Feudal era completo fabricava o que necessitava e consumia seus produtos.Alguns obstáculos retardavam a marcha do comércio, o dinheiro era escasso e as moedas variavam conforme o lugar. Por esses motivos, era pequeno o comércio nos mercados feudais locais. Mas não permaneceu pequeno. Chegou o dia que o comércio cresceu e cresceu tanto que afetou toda a vida da Idade Média.
As cruzadas levaram novo ímpeto ao comércio. Milhares de Europeus atravessaram o continente por...
tracking img