Resumo cronica - as mentiras que os homens contam

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1450 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
“Segundo dicionário de Língua portuguesa: s.f. Coletânea de fatos históricos, de narrações em ordem cronológica: a "Crônica de D. Fernando", de Fernão Lopes.
Conjunto de notícias que circulam sobre pessoas: a crônica mundana.
Seção de um jornal em que são comentados os fatos, as notícias do dia: crônica política, teatral.
Gênero literário que consiste na apreciação pessoal dos fatosda vida cotidiana.
Estatística. Conjunto de valores que uma variável toma em diferentes épocas sucessivas.”
Originalmente a crônica limitava-se a relatos verídicos e nobres; entretanto, grandes escritores a partir do séc. XIX passam a cultivá-la, refletindo, com argúcia e oportunismo, a vida social, a política, os costumes, o cotidiano etc. do seu tempo em livros, jornais e folhetins.Atualmente crônica pode divide-se em tipos: A Crônica (Histografia) e Crônica (Literatura e Jornalismo).
- Crônica (Histografia): é um relato de eventos históricos em ordem temporal; originaram-se na antiguidade e foram comuns na idade média. Neste contexto crônica é diferente de história, pois é uma enumeração de eventos determinado cronologicamente (seguindo a ordem em que ocorreram) enquanto umahistória é uma forma mais literária. - Crônica (Literatura e Jornalismo): o texto literário breve, em geral narrativo produzido essencialmente para ser publicada em jornais erevistas; O termo é atribuído, por exemplo, aos noticiários dos jornais, comentários literários ou científicos, que preenchem periodicamente as páginas de um jornal, normalmente possui uma crítica indireta muitas vezes vêm escrita em tom humoristico, exemplo de Luís Fernando Verissímo autor de “As mentiras que os homens contam” livro escolhido pelo grupo para a apresentação.
A crônica na maioria doscasos é narrada na primeira pessoa, ou seja, o próprio escritor está dialogando com o leitor, isso torna a crônica uma visão pessoal do autor expondo sua forma de compreender os acontecimentos que o cercam.
Tipos de Crônica:
Crônica descritiva: predomina a caracterização de elementos no espaço
Crônica narrativa: história envolvendo personagens, enredo, etc.
Crônica narrativo-descritiva:predomínio das narrações e descrições Crônicas dissertativas: Opinião explicita, com argumentos mais sentimentalistas do que racionais
Crônica lírica: linguagem poética e metafórica
Crônica metalinguística: fala sobre o próprio ato de escrever
Crônica reflexiva: reflexões filosóficas sobre vários assuntosCrônica humoristica:Visão irônica ou cômica dos fatos apresentados. Crônica jornalistica: Aspectos particulares de noticias ou fatos podem ser policial, economia, esportes etc Crônica Poética: versos poéticosem forma de crônica.

BREVE BIOGRAFIA E BLIBIOGRAFIA DO AUTOR
Luis Fernando Verissimo (Porto Alegre, 26 de setembro de 1936). Conhecido por suas crônicas e textos de humor, mais precisamente de sátiras de costumes, publicados diariamente em vários jornais brasileiros, Verissimo é também cartunista e tradutor, além de roteirista de televisão, autor de teatro e romancista bissexto. Já foipublicitário e copy desk de jornal. É ainda músico, tendo tocado saxofone em alguns conjuntos. Com mais de 60 títulos publicados, é um dos mais populares escritores brasileiros contemporâneos. É filho do também escritor Erico Verissimo.
Nascido e criado em Porto Alegre, Luis Fernando viveu parte de sua infância e adolescência nos Estados Unidos, com a família, como consequência disso, cursou parte do...
tracking img