Resumo critico - exploradores de caverna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (615 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de novembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo crítico de ‘’O caso dos exploradores de caverna’’
Traça um panorama sobre o processo de condenação de quatro exploradores de caverna acusados de homicídio no ano de 4300. Divide-se em duaspartes. Na primeira, têm-se as particularidades do homicídio ocorrido, juntamente com os comentários dos juízes da Suprema Corte de Newgarth, por conta disso, pode-se dizer que o livro é sobreargumentação jurídica. No início do livro, relata-se, retrospectivamente, a experiência dos quatro homens processados e condenados à morte pela forca. Os quatro eram membros da Sociedade Espeleológica, esaíram no começo do mês de maio de 4299 para explorar mais uma caverna. Mas um incidente natural fez a caverna desmoronar e bloquear a saída dos exploradores. Após várias tentativas infelizes de resgate,Whetmore, a vítima do homicídio, sugere que se mate um dos exploradores para este servir de alimento para os outros quatro. Feito isso, Whetmore fora o sorteado e seus companheiros o mataram. Esseprimeira parte explicativa narra o desenrolar do episódio que colocou fim a vida de Whetmore, destacando o papel das equipes de resgate e a dificuldade que os exploradores estavam passando, incluindo adifícil decisão de matar um membro da equipe. A segunda parte do livro aborda as sucessivas partes processuais do processo de acusação dos quatro exploradores, ressaltando os argumentos prós e contrasaos réus. A segunda parte obedece a uma sequência lógica, apresentando, a acusação da promotoria; a decisão da primeira instância, que entendeu pela condenação dos réus; e o pronunciamento dos juízesda suprema corte. Enquadrados dentro do artigo 12 – A, N.C.S.A, no qual pune com morte aquele que intencionalmente prive a outrem da, os réus tem o direito de serem julgados na segunda instância. Aoabordar os comentários realizados pelos juízes, ressalta-se a de Foster, J., que estabelece uma distinção entre direito positivo, direito natural e considerações sobre a base territorial que a...
tracking img